PUBLICIDADE

Adstringente: o que é, qual usar e benefícios

O adstringente é essencial para a limpeza da pele oleosa, pois é responsável pela remoção das células mortas

Para quem tem pele oleosa, uma rotina de skincare é essencial para diminuir a produção de sebo e prevenir a formação de acne e espinhas. Nessa rotina, o principal produto que não pode sair da necessaire de quem tem esse tipo de pele é o adstringente.

Muitas pessoas pensam que para acabar com a oleosidade basta lavar o rosto com um sabonete específico. Porém, é o adstringente que faz a limpeza profunda, removendo todos os restos de células mortas. Conheça mais sobre esse produto essencial para peles oleosas.

O que é adstringente

O adstringente é uma solução que remove o excesso de gordura da superfície da pele, os restos de células mortas e sujeira. Segundo a dermatologista e assessora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Sylvia Ypiranga, sua função é essencial para uma limpeza de pele completa e profunda.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A cosmetóloga do Instituto Olivan, Heloisa Olivan, explica que, além do álcool na formulação, é comum que o adstringente tenha também ácido glicólico, ácido salicílico, enxofre, extrato de hamamélis, chá verde entre outros. Esses ativos têm a mesma função de auxiliar na redução do tamanho dos poros e controle da oleosidade.

"A quantidade de álcool nos tônicos faciais diminui conforme o tipo de pele, ou seja, peles normais e secas devem utilizar loções tônicas sem álcool pelo fato de serem menos sensibilizantes, evitando assim o ressecamento e a desidratação", orienta Heloisa.

Como usar?

A cosmetóloga afirma que uma rotina ideal de cuidados faciais segue a seguinte ordem: limpeza, tonificação e hidratação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1.Lavar o rosto com o sabonete adequado para o seu tipo de pele, preferencialmente líquido

2.Aplicar o adstringente com algodão duas vezes ao dia (pela manhã e à noite)

3.Para os cuidados diurnos, a finalização deve ser feita com filtro solar. Já para os cuidados noturnos, a finalização da rotina da pele pode incluir cremes hidratantes, anti-idade

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"A região dos olhos deve ser evitada, pois a pele é muito fina e pode apresentar sensibilização indesejada", alerta Heloisa.

Benefícios do adstringente

Qual a diferença entre tônico e adstringente?

Por possuírem a mesma consistência aquosa e ajudarem no cuidado com a pele, muitas pessoas confundem o tônico com o adstringente. A cosmetóloga explica que o adstringente é um tipo de tônico facial, indicado para pessoas com pele oleosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Contraindicações

Devido à sua formulação alcoólica e que pode incluir ácidos, o adstringente é contraindicado para peles sensíveis ou secas.

No entanto, é possível encontrar adstringentes adequados para cada tipo de pele. O mercado dispõe de uma grande variedade de produtos para tonificação, os quais apresentam propriedades e composição diferentes.

"Deve-se sempre observar a reação da pele frente ao uso contínuo do produto. Se houver sensibilidade excessiva, seu uso deve ser reavaliado", recomenda.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Adstringente: qual usar?

Para você conhecer melhor todas as opções, separamos uma lista dos adstringentes mais procurados nas farmácias. Confira abaixo:

Fontes:

Heloisa Olivan - Farmacêutica, bioquímica especialista em desenvolvimento nutracêuticos e cosméticos e cosmetóloga do Instituto Olivan

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sylvia Ypiranga - Médica dermatologista (CRM SP: 89062) e assessora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)