PUBLICIDADE

Viagens na terceira idade: entenda quais são os cuidados que os idosos devem ter

Carteira de vacinação e condições do lugar que será visitados são fatores importantes ao viajar nessa faixa etária

Segundo dados do IBGE, mais de 23 milhões de brasileiros já chegaram aos 60 anos de idade. Diante disso, os idosos passaram a representar uma parcela significativa da população brasileira.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Estudos evidenciam que as motivações relacionadas ao lazer como: passeios, viagens, exercícios físicos, música, dança, cinema, teatro, entre outros, planejados especificamente para os idosos podem mantê-los fisicamente e intelectualmente mais ativos, ajudando a retardar ou afastar as doenças mais comuns nessa fase. Estas atividades melhoram os relacionamentos interpessoais e ampliam a rede social evitando o isolamento social e a depressão.

Dentre as atividades de lazer, as viagens ocupam um papel de destaque com vários benefícios físicos e mentais. Por outro lado, os idosos podem estar expostos a diferentes riscos, que merecem cuidado especial e planejamento, tanto nas viagens de avião, navio ou transporte terrestre.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A recomendação mais importante é que você visite seu médico antes da viagem para informar seu roteiro e pedir orientações sobre quais os cuidados você deve tomar. Pergunte a ele sobre possíveis medicamentos você deve levar para alguma eventualidade, ele é a melhor pessoa para orientar.

Procure saber sobre o clima do destino escolhido, já que as pessoas idosas são mais vulneráveis as altas temperaturas e aos frios extremos. Outro cuidado é em relação aos riscos e condições sanitárias em que o local escolhido se encontra. Deve-se ter um cuidado intenso com alimentos e consumo de água, utilizando-se apenas os de fontes confiáveis.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante atualizar sua carteira de vacinação e consultar sobre quais vacinas se deve tomar antes de viajar. A imunização ajuda na prevenção de doenças infecciosas e, desta forma, evita possíveis descontroles de doenças cardíacas, diabetes, hipertensão, entre outras.

Se você faz uso de medicamentos de uso contínuo, leve-os em quantidade suficiente para o período da viagem junto com a prescrição médica, pois nem sempre você vai encontrar os remédios no local de destino. Caso a viagem seja para outro país, consulte a legislação do destino, pois em alguns países não poderá ingressar com medicamentos na bagagem sem as receitas médicas.

Lembre-se também de levar na bagagem de mão os medicamentos para o período em que estiver em trânsito para que não haja falha no tratamento durante a viagem. Além disso, para evitar falta em caso de prolongamento inesperado da viagem, leve uma quantidade extra dos seus remédios de uso contínuo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as viagens com mais de 4 horas de duração, por qualquer meio de transporte, podem provocar trombose, especialmente nas pernas, e embolia pulmonar em pessoas de idade avançada que não tomem medidas preventivas adequadas, como por exemplo, usar roupa confortável, fazer alongamentos antes e depois da viagem, estimular a circulação flexionando as extremidades, mudar de postura e caminhar sempre que possível. Verifique com seu médico se será necessária alguma medida adicional.

Durante toda a viagem o idoso deve beber uma boa quantidade de líquidos, se alimentar de maneira moderada e preferir alimentos leves.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Caso haja diferença de fuso horário, procure descansar após a chegada ao destino, para que seu corpo se ajuste ao novo horário e não ocasione alterações dos padrões de sono, concentração, fome, dor de cabeça e irritabilidade.

Cuidados durante a viagem

No local em que se hospedar tome cuidado com o piso do banheiro, tapetes no quarto, móveis ao meio do caminho, etc. Lembre-se que esses objetos podem causar quedas e prejudicar muito sua viagem.

Ao se levantar da cama durante a noite ou pela manhã, sente-se e espere alguns minutos para levantar-se. É importante deixar uma luz acesa, para facilitar que o idoso se situe durante a noite e encontre o "caminho". Afinal é um ambiente novo e desconhecido.

Resista as "tentações" da gastronomia local, evite comidas apimentadas ou extremamente temperadas. Prefira alimentação leve. Claro que pode experimentar um pouquinho, mas evite os exageros.

Verifique com seu convênio médico se há cobertura no local de destino, no caso de viagem para outros países é prudente fazer seguro saúde internacional. Saiba que atendimento de saúde no exterior são caros e podem afetar seu planejamento financeiro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Com todas essas informações e precauções, agora o mais importante: relaxar e aproveitar ao máximo a sua viagem!

Resumindo...

É muito importante levar as questões a seguir em consideração ao planejar uma viagem na terceira idade.

Converse com seu médico sobre os seguintes pontos:

Verifique no local que será visitado as seguintes condições:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quanto aos medicamentos, é importante lembrar de:

Mantenha Carteira de Vacinação atualizada e não esqueça também de fazer Plano de saúde internacional ou seguro viagem, se informando previamente sobre como agir em caso de urgência.

Esse artigo foi escrito em parceria com a enfermeira Selma Arnold, membro do corpo de enfermagem do Instituto Longevità.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)