PUBLICIDADE

Médico homeopata pode ajudar em questões comuns do dia a dia da mulher

Problemas psicossomáticos ou doenças comuns do envelhecimento podem ser tratados com homeopatia

Fazer uma consulta homeopática é semelhante a ler um livro do fim para o começo. Viramos as páginas começando pela primeira pergunta da consulta: "qual o motivo de sua vinda ao homeopata?". Respostas como "ansiedade", "acho que estou ficando deprimida", "quero bater no meu chefe grosseiro", "chego em casa meus filhos me dão o maior trabalho!" são muito comuns. Em algumas dessas afirmações você se identificou? Talvez esteja precisando conversar com seu homeopata...

Com o movimento feminista conseguimos ascender a cargos anteriormente masculinos e executá-los de forma impecável, nós mulheres somos extremamente proativas, damos conta de todas as questões. Em casa então, somos a ?Rainha do Lar?! Tanto é verdade que ninguém consegue achar nada sem chamar a mãe.

Mas, em dado momento nos percebemos envelhecendo e cansando. Na consulta homeopática nos deparamos com mulheres excepcionalmente competentes, as voltas com questões muito antigas. Acordamos cedo, cuidamos dos filhos e os enviamos à escola ou outro cuidador, nos transformamos na "Mulher Maravilha" e saímos chiquérrimas para o trabalho. Trabalhamos o dia todo, chegamos em casa às 19h ou 20h e de novo: jantar, lição, organização para o dia seguinte e, de passagem, olhamos o último beijo da novela... ufa! Em um momento da vida, conseguimos por uma excessiva vitalidade pessoal dar conta de todas as questões, mas envelhecemos um dia após o outro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Chega-se na consulta homeopática neste ponto, precisa-se de um fôlego não querendo "medicamentos tarjados". Queixas de cansaço, sono interrompido, noite mal dormida, pouco e não repousante, dificuldade para despertar, concentração difícil e humor cambiante demandam cuidado. Esses são sinais de se estar caminhando para um quadro de estresse e depressão.

O homeopata interfere neste momento com medicamentos que cortam esse ciclo (Natrum muriaticum, Aurum, Nux vomica, Arnica etc.). Cada paciente reage como consegue e cada corpo manifesta e exterioriza o sintoma e/ou doença de forma diferente. Relembrando que estas são doenças psicosomáticas, então o pensamento, assim como nossas ações, produzem resultados positivos ou negativos. Sofrimentos e tristezas muito longas, perdas no caminho da vida, humilhações e "sapos" não devidamente digeridos trazem danos à nossa saúde. Medicamentos homeopáticos mais profundos, os metais (Mercurius, Arsenicum) e os venenos (Lachesis, Crotalus) também podem ser usados.

Doenças comuns, que vão aparecendo com o passar dos anos, como a gastrite, úlcera, diabetes, hipertensão, cardiopatias, doenças de maior prevalência na terceira idade e patologias de aparelho reprodutor feminino - como os miomas, nódulos de mama e neoplasias, além da menopausa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tornar a vida mais leve, rir com os filhos e de nossos erros, amar muito, conhecer nossas limitações e tirar de nossa vida o que nos traz para baixo são conselhos simples e eficazes. Os homeopatas são médicos sensíveis e, com certeza, vão ajudar.