PUBLICIDADE

Nível de estresse aumenta 75% em dezembro

Gastos de final de ano e frustrações no trabalho são as principais causas

Um estudo feito pela International Stress Management Association do Brasil (ISLA-BR) comprovou que o estresse pode aumentar até 75% no mês de dezembro. A insônia é um dos principais sintomas decorrentes deste aumento da tensão.

Os autores da análise ouviram 700 pessoas economicamente ativas com idades entre 25 e 55 anos. A maior parte dos entrevistados apontou o excesso de atividades no trabalho e os gastos de fim de ano como os principais motivos do estresse.

Entre os fatores que também podem causar transtornos, no último mês do ano, estão solidão, trânsito, férias escolares, estradas e ruas congestionadas, filas em aeroportos, comércio lotado e balanços negativos sobre o que aconteceu no ano anterior.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nos Estados Unidos, esse fenômeno é chamado de "holiday heart syndrome" (síndrome de fim de ano). As expectativas frustradas sobre presentes, festas ou viagens podem levar ao surgimento do problema, assim como gastos muito além do planejado ou mesmo a "obrigação" de estar bem, consequência das mensagens de felicidade que recebemos nesse período.

Essas situações acarretam em um aumento da adrenalina em nosso organismo, causando ansiedade, estresse e até mesmo depressão.

Sete dicas para evitar o estresse de fim de ano

Todo ano, nesta época de festividade, é comum vivenciarmos as seguintes experiências: enfrentar shoppings, lojas e supermercado superlotados, ruas invadidas por uma multidão de pessoas apressadas, trânsito caótico, gritos dos camelôs, inúmeros convites para festas de confraternização, confusões familiares a respeito da ceia natalina e uma comilança desenfreada que acaba resultando em quilos a mais na balança.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como resultado disso, temos o elevado grau de estresse, ansiedade, pânico e depressão nas pessoas. Mas então, como fazer para superar essa fase sem que ocorram desgastes físicos e psicológicos? Mudando a maneira como nos relacionamos e vivenciamos essas experiências.

Aqui vão algumas dicas da psicóloga e especialista do Minha Vida Milena Lhano para encarar melhor essa época do ano:

Mantenha a paciência

Tudo bem que contra o trânsito e a multidão nas ruas não há solução, mas o importante é procurar manter a paciência e ao sair de casa conscientizar-se de que haverá alguns transtornos, mas que eles não serão suficientes para atrapalhar o seu dia e acabar com a sua felicidade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Fique com os amigos

Quanto às confraternizações, compareça somente aquelas cujas pessoas presentes você tenha um grande carinho e amizade, pois qual é o sentido de ir a uma festa de confraternização para criticar o cardápio, o local e as pessoas presentes?

Concilie os conflitos

Se há divergências sérias na família, nas quais você não esteja envolvido, combine o almoço com um e o jantar com outro, para que você não sofra por não rever os parentes e nem compre uma briga que não é sua.

Curta a família - e esqueça a comida

Com relação aos excessos na comida, procure transmitir o prazer de saborear um doce ou um assado, pelo prazer da companhia da sua sobrinha, avó, tio e neto que você tanto gosta. Encare a comida como coadjuvante e não como atração principal da festa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidado com os excessos

Se mesmo assim você não conseguir resistir às tentações e achar que somente um pedaço é pouco, lembre-se que independentemente da quantidade que você comer, a rabanada ou o panetone irão acabar e você em algum momento terá que parar de comer. Então, porque não se deliciar com apenas uma fatia como se ela fosse a última?

Relaxe

Por fim, reserve alguns minutos do dia para relaxar, ouvir uma música, praticar esportes, passear no parque e dedicar-se a atividades que lhe dão prazer, afinal você merece essa recompensa após um ano de muito trabalho e realizações.