PUBLICIDADE

Cientistas explicam por que ficamos bravos quando estamos com fome

Há formas de diminuir a irritação quando ficamos muito tempo sem comer

A fome, para muitas pessoas, pode ser um gatilho para o início de um intenso mau humor. Ao passarmos muito tempo sem comer, nos tornamos indispostos, irritados, e não conseguimos nos concentrar em nossas atividades. E segundo um novo estudo publicado pelo periódico Emotion, esse mau humor que sentimos aos estarmos com fome tem diversas causas, que vão muito além de uma simples queda dos níveis de açúcar no sangue.

Segundo especialistas, a fome faz com que nossa mente confunda nossos sentimentos. Ao invés de focarmos em nossas reais emoções, focamos apenas na sensação que a fome está causando, o que altera nossa percepção de realidade.

Além disso, o ambiente externo, o sistema biológico e a personalidade desempenham influência sobre o quanto ficamos mal humorados com fome.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como o estudo foi feito

Os pesquisadores selecionaram 250 estudantes para participar de um experimento em laboratório. 118 deles foram orientados a ficarem em jejum por 5 horas antes do teste. Os 118 restantes foram direcionados a comerem um pouco antes de entrarem no laboratório.

Ao chegarem ao local da pesquisa, metade dos estudantes de ambos os grupos tiveram que escrever sobre suas emoções, enquanto a outra metade foi orientada a dissertar acerca de um dia neutro, sem emoções. Depois, foi solicitado que todos fizessem um complexo exercício de computador, que estava programado para travar quando os estudantes estivessem chegando perto de sua conclusão.

Para causar ainda mais irritabilidade nos participantes, os pesquisadores foram instruídos a entrar no laboratório para culpar os estudantes pelo mau funcionamento dos computadores. A maioria das pessoas na sala ficaram nervosas e indignadas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ao final da pesquisa, os participantes preencheram questionários acerca de suas emoções, e também sobre a qualidade do experimento. Sem surpresas, os resultados foram extremamente negativos. Porém, os pesquisadores chegaram a conclusão que os estudantes que estavam com fome sentiram emoções como o estresse e o ódio em níveis elevados.

Resultados

Entretanto, o grupo que escreveu sobre suas emoções no início do experimento, tiveram os menores níveis de estresse entre os participantes. "Ao nos distanciarmos da situação atual, e pensarmos como estamos realmente nos sentindo, somos capazes de sermos quem somos, mesmo com fome", explica Jennifer MacCormack, autora do estudo.

Segundo a especialista, o corpo exerce um grande papel em moldar nossa percepção de realidade. "Se estivermos saciados, vemos o mundo de uma forma. E se estamos com fome, enxergamos tudo ao nosso redor de forma negativa, mesmo que estejamos felizes por dentro", conclui a especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)