PUBLICIDADE

Você sabota ou faz seu namoro deslanchar?

Teste se você é um "espanta-pretendentes" ou vai com calma na conquista

Quando começamos um relacionamento, tudo é muito gostoso: conhecer alguém que lhe agradou, novas experiências, semelhanças de personalidade, um novo beijo e aquela sensação gostosa de que "agora vai". Por outro lado, dá-lhe apreensão! No afã de que a pessoa goste da gente e que seja finalmente, aquela que trará mais alegria aos nossos dias, agimos impulsivamente - o que pode ser decisivo para espantar a pessoa em poucos dias.

"Não se trata de modificar sua personalidade para agradar o outro e conquistá-lo, mas sim de entender que ele é uma pessoa diferente de você e não 'derramar' todas as suas expectativas ou impor suas vontades sobre ele", afirma Regina Montelli, especialista em medicina comportamental pela Unifesp. Para isso, o primeiro passo é compreender que, por mais que você esteja esperando há tempos aquela companhia especial, sua felicidade não depende da presença do outro na sua vida. "É importante ser independente para não atropelar os desejos da pessoa. Todos gostamos e queremos liberdade e ninguém gosta de ter seu espaço invadido", explica Regina. Confira se você exagera nas primeiras semanas do namoro e assusta quem chega perto de você.

1/10

Você conheceu alguém em uma festa e gostou, como age?

2/10

Depois da primeira noite de amor:

3/10

Quanto tempo você acha que um namoro leva para começar oficialmente depois de conhecer uma pessoa:

4/10

Quando conhece os amigos do seu companheiro:

5/10

Quando, para você, é hora de presentear o par?

6/10

Quando você está conhecendo os gostos e opiniões do outro:

7/10

No dia a dia:

8/10

Nos seus relacionamentos, como acontece a iniciativa:

9/10

Você fala sobre os seus ex-namorados para o parceiro?

10/10

O que você acha de apelidos carinhosos e uma linguagem só de vocês?