Saúde
Saúde

  • Saúde geral
  • Exames
  • Contracepção
  • Emagrecer
  • Imunidade
  • Plantas medicinais
  • Sono
  • Vacinas

  • doenças
  • Condições & Sintomas
  • Medicamentos & Tratamentos
Alimentação
Alimentação

  • Alimentação geral
  • Bebidas
  • Nutrientes
  • Plano alimentar
  • Suplemento

  • receitas
  • ingredientes
Beleza
Beleza

  • Beleza geral
  • Cabelo
  • Corpo
  • Maquiagem
  • Pele
  • Procedimento
  • Rosto
  • Unhas
Fitness
Fitness

  • Fitness geral
  • Esporte
  • Exercício
Família
Família

  • Família geral
  • Bebês
  • Gravidez
  • Amamentação
  • Crianças
  • Alimentação infantil
  • Fertilidade
  • Maternidade
Bem-Estar
Bem-Estar

  • Bem-estar geral
  • Comportamento
  • Cuidados com a casa
  • Relacionamento
  • Sexo
  • Vícios

Canais especiais
Canais especiais

  • Sinais Raros
  • Especial Queda e Afinamento Capilar
  • Especial Coronavírus
  • Especial Doação de Sangue
  • Especialistas
  • Quem somos
  • Políticas
  • Trabalhe conosco
  • Anuncie aqui
  • Fale conosco
  • Termos de Uso
  • Aviso Legal
  • Uso de Dados
  • Especialistas
    Dr. Dirk Belau
    Psicologia CRP 06/117170/SP
    Dr. Dirk Belau

    Informações profissionais

    Sou psicoterapeuta com método humanista "centrado na pessoa," e psicanalista. Psicólogo pela UNB (Universidade de Brasília); mestre em aconselhamento psicológico (Master of Counselling, da Alemanha) e mestre em sociologia, da Alemanha. Tenho ampla experiência especialmente com pessoas GLBT, dependentes químicos, pessoas com inclinação à violência, depressão, angústia, baixa autoestima e pessoas involvidas no assédio moral no trabalho, tanto como vítima como na posição d@ agressor@. Faço coaching para executivos e grupos de trabalho.Atendo em várias línguas: português, espanhol, inglês, francês, e alemão (língua materna).Tenho 69 anos. Estou na segunda profissão. A primeira foi de sociólogo. Passei uma vida trabalhando numa grande organização internacional onde acumulei experiências de uma realidade bastante diversa, inclusive do mundo do trabalho e em várias culturas, do primeiro e do terceiro mundo.O terapêuta humanista procura ajudar ao cliente a falar sobre si mesmo e suas experiências, e manifesta seu entendimento do que ouviu. Este diálogo normalmente já produz a mudança desejada pelo cliente. Costumo abordar alguns pontos chave analíticamente com base na teoria freudiana e na filosofia da cultura humana em geral, sempre procurando entender o caso singular nas suas circunstâncias. Atendo em psicanálise pura a clientes que o desejarem. Aplico as regras e a teoria freudiana, grosso modo. Os resultados dos dois métodos são semelhantes, mas o conforto pode ser maior com um ou com o outro do método, conforme a preferência d@ cliente.O aconselhamento psicológico é bastante variado, metodolócicamente falando, devido às necessidades de cada cliente, por exemplo devido ao número de sessões limitado ou ao relacionamento específico seja com a hierarquia no trabalho, com @ cónjuge, filh@ ou pai/mãe.Diagnostico conforme a Classificação Internacional de Doenças sob demanda d@ cliente embora o diagnóstico formal não influencie a terapia. É essencial entender a vida d@ cliente, pois os sintomas podem variar enquanto a raiz deles se entende pela experiência vivenciada e não pelo rótulo.

    Especialista Responde

    1 Pessoa perguntou

    Tenho 32 anos, não consigo decidir que profissão seguir. Meu sonho sempre foi eng civil, mas sou ruim em matematica. o q faço?

    que você seja "ruim em matemática" não significa muita coisa. Talvez você era ruim até agora, por circunstâncias diversas que só você conhece. Mas no futuro você vai ser bom, se você trabalhar para apreender. Talentos não são inatos, nem "ser ruim" é...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Quais os sintomas da depressão pós parto?

    quem sente depressão normalmente pode nos falar dos sintomas, não precisa de outros para saber.Se você não é a pessoa mesma mas quer explicar-se o comportamento de outra pessoa que acaba de ter um bebé, não precipite-se. Dê a ajuda que ela pedir, e c...

    [ Continuar lendo ]
    Publicidade