Saúde
Saúde

  • Saúde geral
  • Exames
  • Contracepção
  • Emagrecer
  • Imunidade
  • Plantas medicinais
  • Sono
  • Vacinas

  • doenças
  • Condições & Sintomas
  • Medicamentos & Tratamentos
Alimentação
Alimentação

  • Alimentação geral
  • Bebidas
  • Nutrientes
  • Plano alimentar
  • Suplemento

  • receitas
  • ingredientes
Beleza
Beleza

  • Beleza geral
  • Cabelo
  • Corpo
  • Maquiagem
  • Pele
  • Procedimento
  • Rosto
  • Unhas
Fitness
Fitness

  • Fitness geral
  • Esporte
  • Exercício
Família
Família

  • Família geral
  • Bebês
  • Gravidez
  • Amamentação
  • Crianças
  • Alimentação infantil
  • Fertilidade
  • Maternidade
Bem-Estar
Bem-Estar

  • Bem-estar geral
  • Comportamento
  • Cuidados com a casa
  • Relacionamento
  • Sexo
  • Vícios

Canais especiais
  • Saúde no Inverno
  • Especial Probióticos
  • Pele e suas condições
  • Especial Hiperpigmentação
  • Agosto Dourado
  • Especial Doação de Sangue
  • Especial Coronavírus
  • Especialistas
  • Quem somos
  • Políticas
  • Trabalhe conosco
  • Anuncie aqui
  • Fale conosco
  • Termos de Uso
  • Aviso Legal
  • Uso de Dados
  • Especialistas Dr. Claudio Gonsalez
    Infectologia CRM 57166/SP
    Dr. Claudio Gonsalez

    Especialista Responde

    1 Pessoa perguntou

    Como prevenir da síndrome mão-pé-boca?

    A melhor forma de prevenção da doença está na adequação da higienização de alimentos e das mãos associado à infraestrutura de saneamento básico com efetiva rede de esgoto e água tratada. As crianças acometidas devem ser afastadas do convívio das d...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Quais as possíveis complicações da síndrome mão-pé-boca?

    Não tem complicações, exceto o desconforto durante a presença das lesões. O quadro clínico é autolimitado e melhora espontaneamente com as defesas do organismo.

    1 Pessoa perguntou

    A síndrome mão-pé-boca tem cura?

    Sim, tem cura por meio das defesas naturais do organismo.

    1 Pessoa perguntou

    Como é feito o diagnóstico da síndrome mão-pé-boca?

    Normalmente o diagnóstico é clínico (por meio dos sinais e sintomas apresentados). O médico pode solicitar exames sorológicos (no sangue) para detecção do vírus Coxsackie ou exames de fezes para detecção do enterovírus 71 (vírus Coxsackie).

    1 Pessoa perguntou

    Quais são os sintomas da síndrome mão-pé-boca?

    Após um período de incubação entre 4 a 6 dias pode-se ter febre (38-39°C), presença de aftas dolorosas e gânglios aumentados no pescoço. A seguir, surgem nos pés e nas mãos lesões bolhosas, sem coceira, não dolorosas, de cor acinzentada com base a...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Quais são os fatores de risco da síndrome mão-pé-boca?

    Os fatores de risco estão diretamente relacionados às condições de higiene das mãos e dos alimentos e na suscetibilidade maior entre crianças abaixo de 5 anos.

    1 Pessoa perguntou

    Quais são as causas da síndrome mão-pé-boca?

    A síndrome mão-pé-boca é causada por um enterovírus, o vírus Coxsackie.

    1 Pessoa perguntou

    Como ocorre a transmissão da síndrome mão-pé-boca?

    A transmissão da síndrome mão-pé-boca se dá pelas mãos em contato com alimentos mal higienizados contaminados por fezes de portadores da doença e também por meio das gotículas espalhadas por meio da tosse, espirros e saliva contaminados. Outra forma...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    O que é a síndrome mão-pé-boca?

    A síndrome mão-pé-boca é uma doença altamente contagiosa que cria lesões bolhosas nas regiões dos pés, mãos e boca. É mais frequente em crianças de até cinco anos de idade, embora possa afetar também adultos.

    1 Pessoa perguntou

    Quais as possíveis complicações da Febre do Nilo Ocidental?

    São incluídas as apresentações neurológicas como ataxia e sinais extrapiramidais, anormalidades dos nervos cranianos, mielite, neurite ótica, polirradiculite e convulsão.

    1 Pessoa perguntou

    Existe formas de prevenir a Febre do Nilo Ocidental?

    Não existem formas efetivas de se prevenir a doença exceto evitar a presença de insetos nas áreas onde vivem os seres humanos, tarefa difícil em centros urbanos e impossível em áreas rurais e silvestres.

    1 Pessoa perguntou

    A Febre do Nilo Ocidental tem cura?

    Embora as manifestações possam ser graves, inclusive podendo levar à morte, a Febre do Nilo Ocidental é uma doença autolimitada, onde o organismo pode, por meio da síntese de anticorpos, erradicar o vírus circulante no sangue do indivíduo.

    1 Pessoa perguntou

    Como é feito o tratamento da Febre do Nilo Ocidental?

    Vacina ou tratamento antiviral específico não existem. Devemos tratar os sintomas tais como para redução da febre e outras manifestações. Os casos mais graves necessitam de hospitalização para tratamento de suporte, com reposição intravenosa de fluid...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Como é feito o diagnóstico da Febre do Nilo Ocidental?

    O diagnóstico é dado por meio de sorologia (detecção de anticorpos contra o vírus no sangue) coletado a partir do quinto dia após o início dos sintomas ou em líquido cefalorraquidiano, coletado após o oitavo dia a partir do início dos sintomas.

    1 Pessoa perguntou

    Quais são os sintomas da Febre do Nilo Ocidental?

    O período de incubação intrínseca (tempo entre a infecção do hospedeiro e a manifestação de sinais e sintomas) nos seres humanos varia de 3 a 14 dias após a picada do mosquito e pode apresentar manifestação tênues ou com sintomas mais graves, variand...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Quais são os fatores de risco da Febre do Nilo Ocidental?

    Os fatores de risco estão relacionados à presença do ser humano em áreas que contenham o mosquito infectado e que, por ventura, venha a picar estes seres humanos.

    1 Pessoa perguntou

    Como ocorre a transmissão da Febre do Nilo Ocidental?

    A principal forma de transmissão é dada por meio da picada de mosquitos infectados, principalmente do gênero Culex. Os hospedeiros naturais são algumas espécies de aves silvestres, que atuam como amplificadoras do vírus (com a presença do vírus no sa...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    O que é a Febre do Nilo Ocidental?

    A Febre do Nilo Ocidental (FNO) é uma doença causada por um vírus do gênero Flavivirus, família Flaviviridae, assim como os vírus da Dengue e da Febre Amarela, sendo uma arbovirose (grupo de doenças transmitidas por insetos). No Brasil, evidências la...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Fazer banho de assento com chá de manjerona contribui para o tratamento da herpes genital?

    O banho de assento com chá de manjerona é uma opção considerada como um excelente tratamento caseiro para herpes genital, isso porque acredita-se que ele tenha propriedades analgésica, anti-inflamatórias ou antivirais. Embora existam outras opções de...

    [ Continuar lendo ]
    1 Pessoa perguntou

    Fazer compressa de chá de camomila ajuda no tratamento da herpes genital?

    O chá de camomila já amplamente utilizadas no meio hospitalar, com suas propriedades anti-inflamatórias e que aliviam o ardor. Embora existam outras opções de possíveis tratamentos caseiros, a utilização de medicamentos ou substâncias com a função me...

    [ Continuar lendo ]
    Publicidade