PUBLICIDADE

Creme dental com flúor é essencial para prevenir cáries em crianças

No entanto, é necessário atenção com a ingestão e aplicação excessiva da substância

O flúor, componente químico representado pela letra F na tabela periódica, é uma substância natural encontrada em toda a crosta terrestre na forma de gás, ácidos e minerais, largamente distribuído pela natureza e muito importante para a saúde dos dentes e dos ossos. Ele é um dos instrumentos de maior importância quando se fala em medidas de controle do desenvolvimento da cárie, graças à decisão de alguns governos, como o do Brasil, de adicionar o flúor à água distribuída e também graças ao uso de produtos fluoretados pela população.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante ressaltar que o flúor só traz benefícios se utilizado de forma correta, administrado em uma quantidade que não ultrapasse os níveis de concentração indicados

A Organização Mundial de Saúde e a Associação Brasileira de Odontologia recomendam o uso do flúor como ação preventiva contra cáries, e assim ele vem sendo utilizado na odontologia há anos. O flúor tem papel fundamental na proteção dos dentes, revertendo o processo de desmineralização dentária causada por substâncias ácidas liberadas pelas bactérias e que atacam o esmalte dentário, remineralizando a estrutura do dente. Dessa forma, a presença constante de flúor na cavidade bucal através da saliva reduz a quantidade de mineral perdido (desmineralização), freando a evolução da cárie.

Existem vários meios de utilização do flúor, que podem ser divididos entre coletivos, individuais e profissionais:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Independente do meio de utilização, o mecanismo de ação do flúor é sempre o mesmo, fornecendo íons flúor para a cavidade bucal. Assim, parte dos minerais perdidos devido à presença de biofilme dental (placa bacteriana) poderá ser parcialmente revertida e reposta novamente na estrutura dental.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante ressaltar que o flúor só traz benefícios se utilizado de forma correta, administrado em uma quantidade que não ultrapasse os níveis de concentração indicados. Se durante o período da formação do dente a criança for exposta a uma quantidade excessiva de flúor, pode se desenvolver a fluorose.

A fluorose dentária é a intoxicação crônica por flúor caracterizada por um distúrbio de desenvolvimento do esmalte, e em casos mais raros, da dentina, com severidade diretamente associada à quantidade ingerida. Um dos seus sinais característicos é o aparecimento de manchas brancas e opacas no esmalte, afetando dentes ou grupos de dentes que se formaram no mesmo período.

Em casos mais leves, podem surgir finas linhas ou estrias brancas, e em uma condição mais grave, pode acometer toda a superfície do dente como uma extensa área opaca. Um fenômeno secundário à fluorose pode ocorrer também, como desgaste e depressões nos dentes com posterior pigmentação marrom-acastanhada, podendo em casos mais severos alterar a anatomia do dente, causando alterações estéticas e funcionais significativas.

A presença de flúor em creme dental é considerada essencial para controlar a cárie, e as evidências mais atuais indicam que o uso de creme dental com flúor é recomendado para crianças em todas as idades, a partir da erupção dos primeiros dentes. O cuidado para que a criança não desenvolva a fluorose está diretamente ligado à ingestão do dentifrício fluoretado, portanto é importante que os pais ou cuidadores supervisionem a escovação e incentivem a criança a cuspir o creme dental. Além disso, deve ser utilizado uma pequena quantidade de dentifrício de concentração de 1000-1100 ppm de flúor, equivalente ao tamanho um grão de arroz.

Quanto aos produtos de uso profissional, como géis e vernizes, não estão relacionados ao desenvolvimento de fluorose, embora cuidados devam ser tomados quanto ao risco de intoxicação aguda.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Portanto, é importante salientar que o flúor interfere com o processo de cárie e esse não tem idade, ocorre da infância à velhice, e, portanto, qualquer fluoreto, se usado corretamente e regulamente tem sua eficácia. Por isso o flúor tem uma grande importância na manutenção da saúde bucal e deve ser utilizado durante a escovação. Se houver uma deficiência de flúor na cavidade bucal, essa deverá ser detectada por um cirurgião-dentista que irá indicar a melhor maneira de fornecer essa substância para que o paciente tenha seus benefícios.