PUBLICIDADE

9 tipos de medicamento que bebês não podem tomar (e quais as substituições)

Algumas substâncias podem causar efeitos colaterais às crianças. Entenda o que usar sem riscos

Por mais que o bebê seja bem cuidado, alimentado com leite materno, durma bem e saia de casa bem agasalhado, em algum momento ele vai ficar doente. Quando esse tipo de situação acontece é comum aparecerem as dúvidas. Afinal, em maior ou menor grau medicamentos podem ocasionar efeitos colaterais.

Da mesma forma, é importante lembrar que o organismo deles ainda está em desenvolvimento. Portanto devemos prestar atenção à classe medicamentosa, pois não são todas as que podem ser administradas com crianças.

"Até os seis meses existem poucas opções de medicamentos que podem ser dados aos bebês. O mais indicado é dar paracetamol e soro para casos de gripe e, eventualmente, um medicamento para cólicas. No entanto, é importante ressaltar que somente o pediatra pode indicar o melhor medicamento para dar ao bebê", explica o pediatra Benjamin Roitman da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A seguir você encontra uma lista de medicamentos que não fazem bem aos bebês de 0 a dois anos de idade:

Aspirina

Esse tipo de medicamento é comum entre adultos para amenizar dores musculares e episódios de febre. No entanto, não deve ser administrado junto aos bebês. De acordo com o pediatra Benjamin Roitman da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, o ácido acetilsalicílico (princípio ativo da aspirina), pode causar sangramento nas crianças. O momento de tomar aspirina deve ser orientado pelo pediatra.

Qual medicamento pode ser um substituto: De acordo com Roitman, se o bebê estiver com dor ou febre pode ser usado o paracetamol a partir dos três meses. A partir de seis meses, pode-se usar o ibuprofeno.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Antigripal

Segundo a Academia Americana de Pediatria, medicamentos para gripe ou resfriados não podem ser oferecidos às crianças com menos de três anos de idade. Estudo afirmam que esses medicamentos não aliviam os sintomas e podem causar efeitos colaterais. Segundo Roitman, os medicamentos antigripais na maioria das vezes são vasoconstritores e podem ocasionar quadros de palpitação, sudorese e problemas de pressão. O ideal é não dar esses medicamentos para crianças antes dos dois anos de idade.

Qual medicamento pode ser um substituto: Lavar o nariz do bebê com soro fisiológico pode contribuir para aliviar o acúmulo de secreção nasal. No caso de febre, é possível usar paracetamol para aliviar o sintoma. Roitman explica que a gripe é uma doença autolimitada, ou seja, o próprio organismo vai se encarregar de curá-la. Sendo assim, o que é necessário fazer é tentar aliviar os sintomas. No entanto, se você perceber que a febre não diminui, é necessário levá-lo ao hospital.

Medicamentos para diarreia

Quando acontece uma diarreia é sinal de algo não vai bem no nosso corpo. Como a diarreia é uma reação do organismo, não se deve tentar impedir esse processo e sim observar para que o bebê não fique desidratado. Portanto, medicamentos que possam agir sobre esse sintoma não podem ser administrados em bebês. Da mesma forma não é possível dar soro para o bebê em casa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Qual medicamento pode ser um substituto: "O ideal é manter o bebê hidratado e, caso a diarreia se intensifique, leve-o ao hospital", explica o pediatra.

Antibiótico

Os antibióticos são medicamentos que podem causar efeitos colaterais como diarreia, vômito, erupções cutâneas e alergias graves. "Portanto, ao menos que sejam indicados pelo pediatra, não podem ser administrados junto aos bebês", explica Roitman.

Qual medicamento pode ser um substituto: Nesses casos, o especialista afirma que o melhor é conhecer a causa da infecção e seguir as orientações do pediatra para não medicar a criança de forma errada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Medicamentos com cânfora

"Pomadas, cremes e géis com cânfora não podem ser aplicados em bebês. Isso porque esses produtos podem causar irritação nas vias aéreas da criança, podendo até aumentar a produção de muco" afirma o pediatra. O indicado é que esses medicamentos não sejam administrados em crianças até os dois anos de idade.

Qual medicamento pode ser um substituto: Se o bebê estiver com o nariz entupido, o ideal é lavá-lo com um pouco se soro fisiológico. Se ele estiver com tosse, pode-se, por exemplo, segurar o bebê no colo para deixar sua cabeça mais elevada e ajudá-lo a respirar melhor. Também é possível dar um pouco d'água para hidratar a garganta.

Mel

O pediatra explica que é muito comum os pais acharem que é possível dar mel para o bebê se ele estiver com tosse. No entanto, o mel pode causar diarreia em bebês com menos de um ano de vida. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o mel pode provocar botulismo intestinal nas crianças, devido à presença do bacilo Clostridiu botulinium que pode estar em alguns tipos de mel.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Qual medicamento pode ser um substituto: Popularmente o mel é utilizado como forma de amenizar episódios de tosse. Nesses casos, o melhor é manter o bebê hidratado e segurá-lo no colo para que sua cabeça fique erguida.

Medicamentos para conter náuseas e vômitos

Em alguns casos pode ser comum o bebê vomitar um pouquinho, especialmente nas primeiras semanas, pois o sistema digestivo ainda é imaturo. Se o bebê mamar muito rápido episódios de vômito também podem acontecer.

Também é possível bebês que recebem alimentação pastosa ou sólida sentirem-se mal com a comida. Essas situações são comuns, segundo Roitman, e não necessitam de intervenção medicamentosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Qual medicamento pode ser um substituto: É preciso identificar a causa do sintoma. Se for devido à imaturidade do sistema digestivo o ideal é dar um banho no bebê e segurá-lo no colo até ele se sentir melhor. Além disso, é importante observar se ele manifesta outros sintomas como febre, barriga inchada, diarreia e erupções cutâneas. Caso isso aconteça é importante levá-lo ao médico para investigar o motivo.

Medicamentos para adultos

A partir dos seis meses, os bebês podem tomar medicamentos como ibuprofeno, mas é importante respeitar a dosagem e dar o tipo de remédio que seja indicado para a faixa-etária dele, lembra Roitman. Alguns pais podem achar que dar uma dose menor de um medicamento adulto pode ter o mesmo resultado. "Não é indicado fazer isso, pois o remédio pode conter substâncias que não são próprias para crianças."

Melatonina

Melatonina é um hormônio produzido naturalmente pelo corpo humano e uma de suas funções básicas é a indução ao sono. A substância começa a ser produzida na glândula pineal (uma glândula localizada no centro do cérebro) quando o dia escurece, para ajudar o organismo se preparar para dormir.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nos bebês a glândula pineal é imatura, portanto, eles ainda não produzem melatonina. Diante disso, pode acontecer de os pais acreditarem é que saudável dar melatonina aos bebês. Porém não existem estudos suficientes que comprovem que essa prática é segura.

Qual medicamento pode ser um substituto: O bebê não nasce sabendo que precisa dormir. Portanto, segundo Roitman, ele precisa ter uma rotina de sono. Outra solução é amamentar o bebê a noite. Isso porque o leite materno contém doses de melatonina que podem ajudá-lo a dormir.

Se o bebê não mama no peito não tem problema. Uma dica pode ser dar um banho relaxante a noite e criar uma atmosfera relaxante para que ele durma tranquilo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)