PUBLICIDADE

33 semanas do bebê: cuidados com objetos que ele leva à boca

Objetos pontiagudos e fáceis de engolir devem ser mantidos longe do bebê

Seu bebê está com 33 semanas e continua explorando o mundo de sua maneira. Isso inclui levar objetos até a boca, pois, segundo a pediatra da Beneficência Portuguesa de São Paulo, Simone Aguiar, a boca funciona como uma zona de reconhecimento de partes do corpo (mãos e pés) e de objetos.

Provavelmente você já viu seu filho arremessando alguns objetos no chão. Diferente do que muitos pensam, esse ato não indica má postura do bebê e nem que ele está fazendo birra, embora isso também possa acontecer.

O que acontece na maioria das vezes é que o tempo de interesse aos objetos é pequeno, e muitas vezes o som dos objetos sendo atirados no chão é o que mais chama a atenção das crianças.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como o bebê já tem capacidade de segurar os objetos e tende levá-los à boca, é necessário cuidado com os que ficam ao alcance das crianças. O recomendado é que o bebê tenha acesso somente a objetos macios, não pontiagudos e de um tamanho que ele não possa engolir ou engasgar.

Os mordedores continuam sendo uma boa opção para oferecer aos bebês, desde que sejam devidamente higienizados.