PUBLICIDADE

Bebê de 1 ano e 5 meses: como ajustar o sono da tarde

As sonecas da tarde são fundamentais para o bebê, mas podem atrapalhar o sono noturno

Seu filho tem quase um ano e meio e já consegue fazer algumas atividades sozinho, como segurar o copo ou a mamadeira e levar seu talher até a boca durante as refeições. De acordo com a pediatra Maricelia Cirilo, permitir e estimular que o bebê realize essas tarefas é fundamental para a sua independência.

"Isso é muito importante para que a criança adquira autonomia e autossuficiência, possa estimular a sua autoestima, coragem de vencer os desafios e ainda crescer com as suas vitórias, se tornado indivíduos mais confiantes", explica a pediatra.

Os pais e a família devem estimular esses aspectos no bebê desde cedo, dando liberdade para que eles possam enfrentar os desafios que vão surgindo. Assim, aprendem a trabalhar com a frustração, sendo um ótimo mecanismo para trabalhar a resiliência.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por mais que a vontade de ajudar ou até mesmo de fazer as tarefas para o bebê seja grande, os pais devem acreditar que o filho tem a capacidade e competência para vencer os obstáculos sozinho e, claro, comemorar com eles a cada pequena vitória.

Isso pode ser aplicado em uma simples tarefa do dia a dia, como arrumar os próprios brinquedos ou colocar a roupa suja no cesto. São pequenas atividades como essas que vão estimular a autonomia do bebê.

Nessa idade a necessidade de sono diária reduz e seu filho pode não fazer mais o sono da manhã. Mas ele ainda precisa da soneca da tarde, que deve ter duração entre 60 e 90 minutos. Alguns chegam a dormir a tarde por até 2 horas, sem interferir no sono noturno. Se for o caso do seu filho, permita que o cochilo se estenda.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No entanto, a pediatra ressalta que é importante que essa dormida aconteça no início da tarde, preferencialmente depois do almoço, para que não prejudique o sono da noite. Isso porque, se o bebê acorda no final da tarde, estará com as energias recarregadas e irá demorar para fazer seu ciclo de sono noturno.

Além disso, quanto mais tarde o bebê for dormir a noite, mais tarde ele acordará no dia seguinte. Dessa forma, ficará difícil manter uma rotina regrada e organizada para a criança. "É muito importante estabelecer uma rotina de horários para banho, refeições, brincadeiras, soneca da tarde, horário de iniciar o sono da noite e horário para acordar, para regular a rotina do sono do menor", finaliza.