PUBLICIDADE

Criança de 3 anos: como lidar com a nova fase do seu filho

A criança nessa idade é naturalmente curiosa e exploradora, podendo exigir mais paciência dos pais

Por Monkey Business Images / Shutterstock
Por Monkey Business Images / Shutterstock

Com três anos seu filho já é capaz de correr com mais firmeza, chutar bolas, pedalar triciclos, além de subir e descer escadas com mais segurança. Ele também já consegue abrir as portas da casa, desenhar algumas formas como o círculo e apontar quais são as partes do corpo.

De acordo com a pediatra Patrícia Rezende do Grupo Prontobaby, nessa idade ele já pode começar a escovar os dentes sozinho, mas com o seu auxílio e supervisão, assim como vestir suas próprias roupas.

Essa fase também é marcada pela facilidade de falar o nome dos amiguinhos, lavar e secar as mãos ou montar torres com cubos. Segundo a pediatra, a fala do seu filho com três anos já é pelo menos 50% inteligível e ele já sabe definir pelo menos três objetos de acordo com seu uso, como a escova para pentear o cabelo ou a toalha para secar as mãos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tarefas domésticas

Também é comum seu filho demonstrar maior interesse em participar das atividades de casa que estão sendo realizadas pelos pais ou cuidadores. Dessa forma, permita que o seu filho ajude realizando atividades leves como pegar ou lavar legumes e frutas, misturar um bolo, guardar seus brinquedos, colocar suas roupas sujas em um cesto ou ajudar a guardar as compras.

A especialista aponta que, a partir dos três anos, a criança tem uma lista maior de atividades que ela pode fazer pois já é capaz de compreender as regras. Além da natação, que é indicada desde os seis meses, agora seu filho já pode começar a participar de aulas de danças, judô e karatê.

Nessa faixa etária as atividades começam de forma mais lúdica, sem tantas regras, mas permitindo que a criança aprenda os fundamentos e movimentos necessárias para a prática. Os esportes com competição ainda não são adequados para crianças nessa idade de acordo com a pediatra, sendo mais recomendados a partir dos seis anos de idade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Lembre-se de que incentivar a autonomia da criança significa conscientizá-la a respeito da vida, da rotina da casa, do cuidado com o corpo e com a mente, assim como a relação com a natureza e o mundo que a cerca. Assim, significa também respeitar seu tempo de aprendizado e valorizar a criança em suas iniciativas.

Adolescência do bebê

As crianças de 3 anos são naturalmente curiosas, exploradoras e sabem expressar muito bem suas vontades. "Se os pais acharam os "terrible two" desafiadores, agora vem o "threenager". As crianças podem parecer pequenos adolescentes cheios de vontade própria e de repente aqueles ?bebês? parecem ter uma resposta pronta pra tudo", diz Patrícia.

Isso significa que às vezes elas podem explodir em reações emocionais, aparentemente exacerbadas para nós, em momentos como quando você coloca o suco no copo "errado". No entanto, é muito importante manter a calma, entender que faz parte do desenvolvimento infantil e que eles ainda não sabem lidar com essa frustração, assim como já é difícil para os próprios adultos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)