PUBLICIDADE

Ressecamento vaginal pós-parto: quanto tempo dura e como tratar?

Alteração dos níveis hormonais pode levar à secura vaginal após o parto

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Durante a gravidez a mulher passa por diversas alterações no corpo, especialmente hormonais, bem como no pós-parto e no período de amamentação, o que pode impactar na saúde vaginal e influenciar no ressecamento vaginal.

A secura vaginal no pós-parto pode ser muito desconfortável e até mesmo frustrante, pois pode interferir na vida sexual da mulher e na forma como ela se sente sobre si mesma.

Normalmente as mulheres que enfrentam o ressecamento vaginal apresentam ardor, coceira e desconforto local. Tal condição leva a uma sensação de "estar apertada" para a relação sexual devido ao atrito, e a mulher pode até sentir dor na hora da penetração.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quando a secura vaginal não é tratada adequadamente e principalmente quando não há uma compreensão correta e assertiva sobre a situação, há impactos emocionais na mulher, que pode armazenar memórias de que o ato sexual não é prazeroso, evoluindo para até evitar o contato futuro.

Ainda que não altere fisicamente a amamentação, com o estresse de tal período pode ocorrer a redução na produção de leite e o surgimento de infecções (mastites).

Afinal, por que acontece o ressecamento vaginal após o parto?

Após o parto - tanto normal quanto cesárea - ocorre uma queda abrupta dos hormônios, havendo uma sinalização para o corpo produzir leite para o recém-nascido através de um hormônio chamado prolactina. Assim, a secreção de hormônios ovarianos femininos (estrogênio) e masculinos (progesterona) fica parcialmente bloqueada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Estes hormônios específicos são bastante importantes para a vitalidade dos tecidos da região perineal, genital e urinária, então a pouca circulação de estrogênio pode levar ao ressecamento vaginal e à redução da elasticidade dos tecidos.

De acordo com Aline Ambrosio, ginecologista, obstetra e especialista em Sexualidade Humana pela Universidade de São Paulo (USP), há um sentido biológico para isto acontecer: "o ser humano precisa cuidar daquele bebê para a sua sobrevivência e o corpo pode não estar apto a um encontro sexual e para procriar neste momento", explica a médica.

Sendo assim, o ressecamento vaginal, bem como sentir menos interesse por sexo ou até mesmo dor na hora da penetração pode ser normal após o parto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quanto tempo depois do parto a lubrificação volta ao normal?

O ressecamento vaginal é a consequência hormonal da fase do aleitamento materno.

Segundo explica a obstetra Aline Ambrosio, enquanto a mulher mantiver o aleitamento de seu bebê haverá a produção da prolactina, que inibe a produção dos hormônios femininos e masculinos. "Com a introdução alimentar do bebê a partir de quatro a seis meses de vida, começa a ocorrer melhora da lubrificação e o retorno físico às condições prévias à gestação."

Apesar disso, existem formas de ajudar ou tratar a secura vaginal durante esse período, auxiliando no alívio do desconforto causado pelas alterações nos níveis hormonais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratando o ressecamento vaginal pós-parto

Cremes hormonais podem ajudar a revitalizar a mucosa (revestimento) vaginal, aliviar o ardor, a coceira e as dores e desconforto nas relações sexuais.

A terapia local, como por exemplo a aplicação de energia com tecnologias como a radiofrequência e a laserterapia, levam ao rejuvenescimento vaginal e ao consequente alívio das queixas ginecológicas e sexuais.

Outras formas de tratar a secura vaginal é pela mudança e melhora de alguns hábitos e na rotina: "manter a região íntima mais arejada - livre de roupas apertadas e de absorventes íntimos -, realizar limpeza local com sabonete neutro à base de glicerina no banho ou após as evacuações, e hidratar com produtos à base de água ou ácido hialurônico", indica Aline Ambrosio.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A médica também explica que o apoio do parceiro durante essa fase é de suma importância e o assunto deve ser discutido positivamente entre o casal, com comunicação não violenta e sem acusações.

Cuidados no pós-parto

Veja como fazer absorvente gelado para recuperação pós-parto

Queda de cabelo pós-parto é normal? Veja quando se preocupar

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como fica a vagina depois do parto normal?