5 brincadeiras para fazer com o bebê e estimular o desenvolvimento

Bebês estão prontos para absorver muitos estímulos e aprender inúmeras coisas novas; aprenda a potencializar esse cuidado

*Conteúdo Patrocinado

Os bebês nascem preparados para aprender muito. Os primeiros meses de vida são intensos, afinal, tudo é novo: ele tem que se adaptar fora da barriga da mãe, compreender diversos estímulos externos, desenvolver a visão, aprender a pegar objetos, engatinhar, manifestar suas vontades - entre muitas outras atividades. Mas você sabia que algumas brincadeiras podem ajudar o bebê nesse desenvolvimento, além de proporcionar uma conexão ainda maior entre vocês?

Abaixo, veja algumas delas e conecte-se ainda mais com seu bebê.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

1 - Cante para seu bebê - você vai notar que o bebê vai parar para prestar atenção à sua voz. Tudo é tão novo para ele, e as melodias podem ajudar no desenvolvimento motor. Para isso, incentive-o a bater palminhas no ritmo da sua canção, além de fazer movimentos ritmados. Pare repentinamente e recomece a melodia, incentivando-o a continuar com o processo.

2 - Brinque de explorar - se o bebê já engatinha, coloque objetos de seu interesse pela casa e vá guiando-o para que ele possa encontrá-los pela casa. Assim que ele encontrar cada um deles, conte uma história a respeito do objeto, fazendo caras e bocas. Entender expressões e diferentes tons de voz pode contribuir para o desenvolvimento do bebê, além de ser muito divertido para ele.

3 - Dê um banho divertido - o momento do banho não precisa ser apenas um protocolo. É possível, sim, estimular o desenvolvimento do bebê durante a higiene diária. Para isso, leve brinquedinhos coloridos e fáceis de pegar para colocar na banheira, além de usar produtos adequados para a pele dele - com cheirinho suave -, que poderá estimular seus sentidos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A linha Protex® baby é uma alternativa para esses momentos de maior conexão. O sabonete glicerinado, por exemplo, foi desenvolvido exclusivamente para a pele delicada do bebê, limpando suavemente e ajudando a preservar a barreira natural de proteção da pele. Além disso, não carrega corantes, álcool ou parabenos. Com pH equilibrado, é hipoalergênico e promove uma proteção delicada já desde os primeiros dias de vida.

4 - Cadê? Achou! - por volta dos 9 meses, o bebê passa a sentir o que se conhece por ansiedade da separação. Ele passa a entender que ele e a mãe são seres diferentes, o que faz com que fique mais dependente da presença da mãe o tempo todo, pois sofre com a separação. Com isso, brincadeiras que o ajudem a entender que a mãe está ali mesmo que esteja fora do seu campo de visão, podem ajudar. A clássica "cadê a mamãe? Achou!" é uma ótima alternativa para ajudá-lo a passar por essa fase.

5 - Explore as texturas - estímulos sensoriais são importantes para o desenvolvimento do bebê. Por isso, ofereça itens em que o bebê possa sentir diferentes texturas, como a de uma almofada ou de um bicho de pelúcia, bem como itens emborrachados, macios ou de madeira, por exemplo. Dedique um tempo a essa atividade com regularidade, e divirta-se com ele. O tempo passa rápido e o que fica são os aprendizados, além de todo o amor e carinho.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)