PUBLICIDADE

Pais de "ninho vazio" têm queda no bem-estar se filhos retornam

Estudo descobriu que voltar para casa dos pais depois de morar sozinho tem impacto negativo na qualidade de vida deles

Quando os filhos saem de casa, é comum que os pais sintam o estranhamento do ninho vazio. Mas a nova fase é mais propícia a encontrar tempo para se dedicar a novos hobbies e diversões. Uma pesquisa feita em países europeus detectou uma queda na qualidade de vida desses pais quando os filhos decidem retornar ao lar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A pesquisa, feita pela Escola de Economia de Londres, teve como insumo uma medida de qualidade de vida que leva em conta os sentimentos de controle, autonomia, prazer e realização. A escala vai de 12 a 48. Os pesquisadores notaram uma queda média de 0,8 ponto para aqueles pais que tinham o ninho vazio mas os filhos retornaram.

"Quando os filhos saem da casa dos pais, o casamento melhora e os eles encontram um novo equilíbrio. Eles aproveitam esse estágio da vida, descobrindo novos hobbies e atividades. O retorno dos filhos adultos há um rompimento desse equilíbro", afirma Marco Tosi ao The Guardian. O cientista liderou a pesquisa junto com Emily Grundy.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O estudo usou dados de pessoas com mais de 50 anos de 17 países europeus coletados entre 2007 e 2015. Eles queriam avaliar os impactos do crescimento da "geração bumerangue", que são estes jovens que retornam à casa dos pais depois de terem ido morar sozinhos.

A informações são do jornal The Guardian.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)