PUBLICIDADE

Crianças podem ser tão resistentes quanto atletas profissionais

Estudo mostra que ao brincarem o dia todo, as crianças criam uma desenvoltura física extremamente forte

A infância é uma fase marcada por muitas brincadeiras, e por este motivo, as crianças estão quase sempre envolvidas em atividades que envolvam esforço físico. Brincadeiras como pega-pega, entre outras, fazem com que os pequenos gastem bastante energia e usem toda sua capacidade cardiovascular. Ao terem uma rotina fisicamente intensa, segundo estudo publicado pelo periódico Frontiers in Physiology, as crianças desenvolvem uma grande energia para realizar os exercícios, além de uma capacidade de se recuperarem do esforço tão rápida quanto a de atletas profissionais.

"Durante muitas tarefas fìsicas, as crianças podem ficar cansadas antes que os adultos, porque elas têm uma capacidade cardiovascular limitada. Isso faz com que elas adotem padrões de movimento menos eficientes e tenham que dar mais passos para atingir uma determinada distância. Porém, nossa pesquisa mostra que as crianças foram capazes de superar essas limitações a partir do desenvolvimento de músculos resistentes à fadiga, e também pela habilidade de se recuperar rapidamente de exercícios de alta demanda física", diz Sébastien Ratel, professor de fisiologia do exercício e um dos autores do estudo, em entrevista ao periódico.

Como o estudo foi feito

Os pesquisadores separaram os participantes do estudo em três grupos diferentes: Crianças de oito a doze anos de idade, adultos que não praticavam exercícios físicos e atletas. Foi solicitado que os participantes realizassem testes de ciclismo. Cada grupo foi avaliado em relação às duas diferentes maneiras de produzir energia utilizadas pelo corpo. A primeira, é a forma aeróbica, que usa oxigênio do sangue. A segunda, a anaeróbia, não utiliza oxigênio para produzir energia e produz acidose e ácido lático, o que pode causar fadiga muscular.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Após os testes de ciclismo serem realizados, foram analisados três fatores: A frequência cardíaca dos participantes, seus níveis de oxigênio e a taxa de remoção de lactato, para que fosse possível saber o quão rápido cada um conseguia se recuperar do esforço físico. E em todos os testes, as crianças superaram a capacidade física dos adultos que não praticavam atividade física.

Conclusões

"Descobrimos que as crianças usam mais a parte do metabolismo que é aeróbica, e portanto, ficam menos cansadas em exercícios físicos de alta intensidade", diz Sébastien. "Elas também se recuperam muito rápido, até mais que atletas bem treinados, o que pôde ser provado pela sua rápida estabilização da taxa cardíaca e habilidade de remover ácido lático do corpo", conclui. Isso explica porque as crianças parecem ter a habilidade de brincar sem intervalos, e continuar com muita energia após os adultos já estarem cansados.

A pesquisa mostra que, frequentemente, as crianças já apresentam uma grande resistência muscular. Portanto, pode ser melhor focar em outras áreas de desenvolvimento físico nos jovens, como a velocidade, força e habilidade esportiva. Isso pode ajudar a otimizar o treinamento físico em crianças, para que elas tenham uma melhor performance e gostem mais de se exercitar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, ocorre atualmente um crescimento no número de pessoas que contraem doenças relacionadas ao sedentarismo, e é importante entender as mudanças fisiológicas advindas do crescimento que possam contribuir para o surgimento dessas patologias. O estudo mostrou que as atividades aeróbicas diminuem significativamente na transição da fase infantil para a adulta. E é nesse mesmo momento que doenças como a diabetes tendem a ocorrer com maior frequência. Portanto, é importante praticar exercícios físicos constantemente, para que os riscos de doenças possam ser reduzidos e você possa ter uma vida mais saudável.