PUBLICIDADE

Desafio do fogo: Viral na internet faz menina ter 49% do corpo queimado

Desafio no Youtube vem fazendo vítimas há quatro anos ao encorajar jovens a incendiarem o próprio corpo

Timiyah é uma garota de apenas 12 anos de idade, moradora de Detroit, nos Estados Unidos. Ela está internada e passará por diversos procedimentos cirúrgicos após ter 49% de seu corpo queimado ao realizar o "desafio do fogo".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O desafio já existe há quatro anos, e vem trazendo grandes riscos para os jovens. Para realizá-lo, o participante deve jogar substâncias inflamáveis no corpo e então incendiá-lo. O momento é registrado por uma câmera e depois compartilhado nas redes sociais.

Como o acidente aconteceu

Brandi Owens, mãe de Timiyah, estava na cozinha esperando que a filha e suas duas amigas terminassem de comer uma panqueca para que ela pudesse tirar uma soneca. Ela deitou em sua cama com o marido, e em menos de 15 minutos, ouviu um barulho extremamente alto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alguns segundos depois, Timiyah apareceu desesperada no corredor, repleta de chamas que iam de seus pés a cabeça. "Ela parecia uma bola de fogo, e gritava por ajuda", conta a mãe em entrevista ao Washington Post.

Marquell Sholar, marido de Brandi, correu para apagar o fogo, colocando a menina dentro de uma banheira. Enquanto Sholar certificava-se que sua filha estava coberta de água, a mãe rasgava as roupas de Timiyah que continuavam a pegar fogo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Eu colocava a minha mão no fogo, e nem percebia que estava me queimando. Era como um reflexo, eu não sentia as chamas. Eu estava apenas salvando minha filha", diz a mãe. Após o casal conseguir apagar completamente o fogo, eles levaram a menina imediatamente ao hospital. No caminho, ela rezava para que Timiyah ficasse bem, e também se perguntava sobre o que poderia ter acontecido.

Situação atual de Timiyah

A mãe conta que a filha está respirando com a ajuda de máscaras de oxigênio e está utilizando um tubo digestivo. Timiyah está repleta de queimaduras de segundo e terceiro grau, e a maior parte de seu corpo está enfaixado.

Além disso, ela precisará passar por mais quatro cirurgias, o que fará a menina ficar diversos meses internada.

Brandi não conseguiu perguntar à Timiyah o que aconteceu, mas suas amigas confirmaram o motivo: A menina jogou álcool em seus braços e uma de suas colegas ateou o fogo.

As amigas já haviam feito o desafio em suas casas, e sofreram com queimaduras leves. "As amigas da minha filha disseram que parecia ser divertido. Você só precisava estar perto da água no momento, então minha filha se ofereceu para fazer", explicou a mãe.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Brandi agora participa de um site de financiamento coletivo, e pede por contribuições para cobrir as despesas médicas da filha. "Por favor, conversem com seus filhos sobre o que eles veem nas redes sociais", disse a mãe.

Como evitar este tipo de situação em casa

O diálogo é essencial para evitar estes tipos de situação. A advogada e pedagoga Cristina Sleiman explica que é importante que os pais falem sobre o assunto com os filhos, mostrem as notícias que estão sendo divulgadas e expliquem sobre os possíveis riscos tentar fazer o desafio do fogo.

Segundo a psicóloga Katyanne Segalla, nos adolescentes, há a necessidade de transgressão das regras. "Tudo que parece proibido chama a atenção. Além disso, essa é uma fase em que ele necessita se diferenciar dos pais e se autoafirmar, por isso procura por tudo que é diferente", afirma.