Bebê ressuscita após ter morte cerebral e irá passar natal com a família

Kaleb conseguiu completar um ano e três meses de idade, apesar dos médicos terem dito que só viveria por alguns minutos

Em setembro de 2017, os pais de Kaleb (Becki e Phill), precisaram se despedir de seu filho logo após ele nascer. Segundo os médicos que realizaram o procedimento, a criança ficou sem oxigênio no cérebro durante seu parto, o que causou graves prejuízos cerebrais. As chances de sobrevivência do pequeno eram nulas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Após dez dias sob o cuidado de médicos e respirando por meio de máquinas, os pais finalmente se despediram do bebê, que foi encaminhado para um hospital especializado em tratamentos para o fim da vida. Entretanto, quando a aparelhagem de Kaleb foi desligada, o pequeno continuou respirando, e conseguiu até mesmo segurar o dedo de sua mãe.

"Meu filho deu o aperto mais fraco no meu dedo e olhou para mim, como se dissesse: 'Vai ficar tudo bem, mãe'", contou Becki em entrevista ao jornal britânico Mirror. Segundo a mãe, Kaleb ainda tem muitas necessidades por conta das lesões no cérebro, mas continua sorrindo, principalmente quando ouve a voz da irmã.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para os médicos, ainda não está claro se Kaleb terá um desenvolvimento saudável devido às lesões cerebrais. Mas para a mãe, o importante é que ele escolheu viver no presente.