Crianças com menos de 2 anos não devem usar máscaras

Por possuírem vias aéreas muito pequenas, a máscara facial pode sufocar os bebês, segundo orientação divulgada pela Anvisa

Para as famílias que precisam sair na rua com seus filhos menores de dois anos, a Anvisa alertou que os bebês não devem usar máscara facial.

A recomendação está no relatório de orientações sobre o uso não profissional de máscaras faciais divulgado no início do mês passado. A recomendação se deve ao fato de que os pequenos correm risco de sufocar com a máscara, pois ainda possuem vias aéreas muito pequenas. O acessório também pode causar estrangulamento nos bebês.

A orientação já havia sido divulgada pela Academia Americana de Pediatria, e agora foi ressaltada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Além disso, o relatório enfatiza que as máscaras não devem ser utilizadas por pessoas com problemas respiratórios.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Portanto, o mais recomendável é não sair na rua com seu bebê e manter o isolamento social. Além disso, a Anvisa reforça que a máscara é de uso individual e não deve ser compartilhada com outras pessoas.

Como usar a máscara?

O novo coronavírus pode não apresentar sintomas. Dessa forma, a Sociedade Brasileira de Infectologia divulgou uma nota afirmando que o uso de máscaras pode ser feito pela população em geral que precisa sair de casa durante a pandemia, como forma de barreira mecânica.

O Ministério da Saúde declarou que as máscaras caseiras podem ser utilizadas pela população a fim de diminuir o risco desse contágio. Confira algumas dicas de com usar a máscara caseira:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Saiba mais sobre coronavírus

COVID-19: Ministério recomenda uso de máscaras caseiras

O que fazer se você tem um bebê e está com coronavírus

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Coronavírus: o que é, sintomas, tratamento e prevenção