PUBLICIDADE

Conquiste braços fortes sem sofrer com dores nas costas

Evite os erros de execução que retardam os resultados do treino

Conquistar braços mais fortes é a meta de dez entre dez homens que entram na academia em busca da musculação. Eles mal olham para os aparelhos voltados ao fortalecimento das pernas, ao passo que permanecem horas diante do espelho, repetindo movimentos para reforçar os membros superiores.

Mas o empenho em aumentar as cargas, dificilmente, vem acompanhado de cuidados com a execução. "Dores nas costas e lesões nas articulações são alguns dos problemas comuns, enfrentados principalmente por alunos que pegam cargas mais pesadas do que suportam", afirma o professor Gabriel Nicoletti, da unidade Higienópolis da academia Competition.

Nenhum dos dois desconfortos, porém, aparece do dia para a noite. É preciso insistir muito no erro para que o treino comece a dar sinais de que precisa de correções. Antes que seja tarde demais, o professor da Competition lista as situações em que a atenção precisa ser redobrada para que seu corpo entre em forma sem nenhum tipo de acidente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidado com os punhos

Homem fazendo rosca concentrada - Foto: Getty Images
Homem fazendo rosca concentrada - Foto: Getty Images

Na tentativa de pegar barras muito pesadas, alguns alunos acabam mexendo os punhos na hora de levantar os pesos. O problema é que estas articulações são sensíveis a impactos muito pesados e podem sofrer lesões. "O problema é comum, principalmente, quando há volume exagerado de treino", afirma o professor.

Abrir demais os cotovelos

Mulher com personal fazendo exercício para o braço - Foto: Getty Images
Mulher com personal fazendo exercício para o braço - Foto: Getty Images

Quando você faz exercícios com a barra, apoiando os braços numa mesa, a tendência é abrir os cotovelos para ganhar estabilidade e suportar o peso. Isso não chega a causar lesões, mas diminui os resultados do treino. Isso porque, com os cotovelos fechados, o exercício fica mais concentrado e os músculos ganham massa mais rapidamente.

Compensar nas costas

Homem levantando peso com a postura ereta - Foto: Getty Images
Homem levantando peso com a postura ereta - Foto: Getty Images

Quando você levanta os pesos, as costas precisam permanecer estáveis. Mas, com cargas altas, a tendência é fazer um balanço, dando trancos na hora de erguer a barra. "Se o aluno está num nível mais avançado, ele tem os músculos dorsais fortalecidos e, desta forma, fica mais protegido contras as lesões", afirma o professor da Competition. "Mas, em outros casos, esta compensação diminui o rendimento do treino e traz dores intensas, principalmente na região lombar", diz o especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Manter os joelhos estendidos

Pernas de atleta com proteção - Foto: Getty Images
Pernas de atleta com proteção - Foto: Getty Images

Ao flexionar um pouco o joelho, você abaixa o seu centro de gravidade, posicionando-se de maneira mais estável. Esticados demais, os joelhos não chegam a atrapalhar os exercícios. Mas, mantendo ambos flexionados, você diminui as chances de cometer outros erros, como a compensação nas costas, porque consegue mais apoio.

Treinar o bíceps antes de finalizar as séries de peito

Homem fazendo supino - Foto: Getty Images
Homem fazendo supino - Foto: Getty Images

O peito é composto por músculos maiores do que os do bíceps. Por isso, eles devem ser treinados antes, já que você está mais descansado. Seguindo a ordem, o bom rendimento está garantido tanto para os braços como para os músculos peitorais.

Tensão nos ombros e no pescoço

Homem realizando série de supino - Foto: Getty Images
Homem realizando série de supino - Foto: Getty Images

O problema não chega a prejudicar os resultados do treino ou trazer algum tipo de lesão. Mas, quando tensiona demais os ombros para erguer uma barra, o risco de que a região fique dolorida aumenta. Além do desconforto, isso prejudica outros exercícios como aqueles especificamente voltados para os ombros.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Fazer o treino de costas no dia seguinte ao de peito

Homem fazendo treino para as costas - Foto: Getty Images
Homem fazendo treino para as costas - Foto: Getty Images

Nos treinos de costas, os bíceps são bem solicitados. Por isso, deve-se dar um descanso de pelo menos um dia para o treino específico aos músculos dos braços. Isso garante a recuperação das microlesões e o aumento da força muscular.

Treino livre ou no aparelho?

Mulher fazendo treino com pesos - Foto: Getty Images
Mulher fazendo treino com pesos - Foto: Getty Images

Exercícios livres possibilitam trabalhos em ângulos diferentes, enquanto as máquinas aumentam a facilidade do treino uma vantagem para alunos iniciantes e também para os avançados, que realizam treinos pesados com mais segurança.