PUBLICIDADE

Por que o número de corredores tem aumentado tanto?

O esporte pode fazer maravilhas por quem busca amigos e qualidade de vida

Na sociedade que vivemos a medida de sucesso é quanto de dinheiro este individuo consegue ganhar e acumular. Para isso o sistema impõe as pessoas uma dedicação enorme que ultrapassa os limites de saúde, a conseqüência disto é um crescimento desmedido de doenças associadas ao estresse e a obesidade, tornando-se problemas de saúde publica em muitos países independente da renda per capta deste.

Para tentar amenizar esta situação, instituições públicas e privadas promovem atividades em pró de uma melhor qualidade de vida, sendo a caminhada/corrida uma das grandes formas de incentivo, pois, para a prática, o individuo não depende de muitas coisas para realizar corrida, basta um intervalo de tempo, um tênis e uma roupa adequada. E, além de ser fácil de fazer, promove muitos benefícios (sociais, metabólicos, bioquímicos, psicológicos....) Por estes motivos o número de corredores nos últimos 10 anos vem crescendo em progressão geométrica. Mas, tão importante quanto começar a correr é continuar a correr.

A prática da corrida exige alguns cuidados que a maioria das pessoas não sabe quais são. O maior problema é que depois de um tempo que iniciaram a corrida por falta de cuidado acabam se machucando e parando de praticar.

Quais são estes Cuidados?
Existem quatro cuidados básicos que são bem importantes e que podemos chamar de processo de recuperação.

A recuperação dos treinos é tão importante quanto a realização. Por que? Se não recuperarmos bem o nosso organismo do exercício com o tempo o indivíduo pode ter, fadiga, lesões e diminuição da imunidade, entre outros problemas.

Os cuidados são:
- Alimentação: Disponibilidade de nutriente para o organismo se refazer, dando o nutriente ideal na hora certa e estimular o processo de fornecimento e aproveitamento correto destes

- Hidratação: Estimular o hábito de beber líquidos (água, água de coco, sucos, isotônicos). A partir deste estimulo vamos desenvolvendo o hábito. Com isso garantimos que o individuo sempre esteja com um grau de hidratação ideal para a prática da atividade física e para reposição pós atividade.

- Descanso das estruturas utilizadas (músculos, tendões, articulações etc..). Dar um tempo para que as estruturas corporais se refaçam e estejam prontas para uma nova seção de exercício. O tempo necessário de descaso esta relacionado com o tipo e intensidade de exercício que foi realizado.

- Sono. Quantidade e qualidade de horas dormidas. O indivíduo tem acordar descansado. Este é um ponto fundamental, sem ele a nossa capacidade de recuperar fica completamente comprometida.

Mariana Klopfer é formada pela Universidade de São Paulo. Sócia Propreitária da Nutricius (Nutrição esportiva, metabolismo e qualidade de vida), com estágio no laboratório de estudos integrados de psicologia, nutrição e atividade física da Universidade de Leeds, na Inglaterra e participante do laboratório de Nutrição e Metabolismo Aplicado a Atividade Motora EEFE-USP.

Para saber mais, acesse: www.nutricius.com.br