PUBLICIDADE

Dor no cotovelo: conheça 6 condições ligadas ao desconforto

Lesão bastante comum em tenistas pode afetar qualquer pessoa

O cotovelo é uma articulação formada por três ossos que se juntam: o osso do braço e mais dois que compõem o antebraço. Cada osso possui cartilagem na extremidade, o que ajuda a deslizar um contra o outro e a absorver choques. É ele que nos permite realizar movimentos simples e extremamente importantes, como levantar, balançar e abraçar.

Esta parte do corpo possui ligamentos e tendões que conectam os ossos aos músculos e que permitem mover o braço de maneiras diferentes. Por isso, é uma região muito exigida em esportes como golfe, boxe e tênis. Portanto, se algo acontecer a qualquer um desses componentes, poderá provocar dor.

Assim, se você está sentindo dor no cotovelo, este desconforto pode ser em decorrência da prática de algum esporte ou não. E como o cotovelo é uma região bastante usada no dia a dia, as dores costumam se instalar em qualquer pessoa. Conheça algumas condições relacionadas a este incômodo e como tratá-las:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dor no cotovelo: o que pode ser?

Epicondilite medial

A epicondilite medial afeta os tendões internos do cotovelo e é geralmente chamada de "cotovelo de golfista". Essa condição pode ser o resultado de um movimento repetitivo da mão, como movimentar um martelo todos os dias no trabalho.

Esse distúrbio pode causar dor intensa no interior do cotovelo. Normalmente, o desconforto melhora com os métodos de repouso, fisioterapia e tratamento convencional, como colocar gelo na área ou utilizar medicamentos anti-inflamatórios indicados pelo médico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Epicondilite lateral

Outro nome para esta condição é "cotovelo de tenista". Neste caso, a epicondilite lateral afeta os tendões do lado de fora do cotovelo. Por isso, praticar esportes com raquete ou trabalhar em certas profissões que usam o mesmo tipo de movimento, como cozinhar, pintar ou capinar, podem causar essa patologia.

Assim, sintomas como dor ou queimação ocorrem na parte "externa" do cotovelo e geralmente melhoram com o auxílio de fisioterapia e descanso da região. Porém, se a dor persistir após um período de seis a doze meses de tratamento, pode ser recomendada uma cirurgia no local.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bursite do olecrano ou bursite de cotovelo

A bursite afeta as bursas, pequenos coxins de líquido que ajudam a proteger o osso pontudo do cotovelo. Ela pode ser causada por um golpe no local, quando alguém fica com o cotovelo parado por um longo período, por infecção ou até mesmo em consequência da artrite.

Os sintomas incluem inchaço, dor e dificuldade em mover o cotovelo. Medicamentos e cotoveleiras, normalmente, conseguem tratar essa condição. Entretanto, uma cirurgia pode ser necessária em casos graves e crônicos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Osteoartrite

A osteoartrite é uma condição que afeta a cartilagem (um tipo de tecido conjuntivo encontrado nas articulações) e faz com que este tecido se desgaste e seja danificado. As causas podem ser desde algum tipo de lesão até mesmo o desgaste natural das articulações.

Os sintomas incluem dor, dificuldade em dobrar o cotovelo, barulhos durante o movimento e inchaço no local. No caso desta patologia, fazer uso de medicações indicadas por um especialista para dor e fisioterapia são essenciais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Luxação ou fratura do cotovelo

Uma lesão no cotovelo, provocada por uma queda em cima do braço ou cotovelo estendido, pode causar luxação ou fratura. A luxação ocorre quando um osso se move de sua posição usual. Já a fratura é decorrente da quebra desse osso. Nesses casos, é necessário usar talas de gesso e a fisioterapia ajuda a restaurar a amplitude de movimento após a remoção da tala.

Entorses de ligamentos

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Problemas nos ligamentos podem ocorrer em qualquer um dos ligamentos localizados na articulação do cotovelo e as entorses podem ser resultado de trauma ou estresse repetidos na região. O tratamento inclui métodos de alívio da dor, como gelo no local e, posteriormente, fisioterapia.

É importante ressaltar que para qualquer uma das condições acima, o ideal é procurar um especialista que avaliará cada caso e solicitará exames para um tratamento mais positivo. A maioria dos distúrbios no cotovelo requerem tratamento conservador, no entanto, a cirurgia é o último recurso se os sintomas não melhorarem.

E para evitar dores no cotovelo, você pode começar corrigindo posturas inadequadas durante a prática de esportes e fazer intervalos durante tarefas repetitivas. Além disso, pratique exercícios que ajudam a fortalecer os músculos ao redor dessa região e ajudam a prevenir lesões futuras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Problemas nas articulações

Artrite: sintomas, tratamentos e causas

Tendinite: tipos, sintomas e tratamento

Artrose: o que é, sintomas e tratamentos

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)