PUBLICIDADE

Por que algumas pessoas têm vontade de fazer cocô ao correr?

É comum que corredores sintam incômodo gastrointestinal durante o exercício; saiba os possíveis motivos e como evitar

Se você pratica corrida com certa frequência, é possível que já tenha vivenciado uma situação um tanto quanto inusitada durante a prática do exercício. Isso porque não são poucos os corredores que admitem terem sentido uma forte vontade de fazer cocô enquanto corriam - e por mais inesperada que seja essa necessidade fisiológica, há muitas explicações para isso.

Esse sintoma costuma ser mais comum em atletas de provas de maior intensidade ou distância, mas é possível que os corredores de intensidade leve a moderada também sejam acometidos por essa vontade de evacuar provocada pelo exercício. Nesses casos, aliás, uma das maiores causas é a falta do hábito de praticar a corrida.

Segundo a proctologista do Hospital Edmundo Vasconcelos, Maristela Gomes de Almeida, é importante considerar justamente a intensidade da corrida praticada, já que ela pode gerar alterações significativas no corpo, inclusive no intestino. Entretanto, a médica assegura que sentir essa vontade é normal e pode ser ocasionada por diversos fatores. Conheça cada um a seguir:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Vontade de evacuar durante a corrida

Movimento e impacto

O movimento e o impacto da corrida estimulam os movimentos peristálticos (contração e relaxamento muscular) do intestino, podendo contribuir para uma maior vontade de ir ao banheiro, pois fazem com que o órgão "empurre" as fezes em direção à saída.

Segundo um estudo desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), quando a mucosa intestinal é colocada sob movimento, ela libera VIP, um hormônio que estimula a motricidade do intestino, e prostaglandina, envolvida na contração e relaxamento do órgão, causando aumento da secreção intestinal e até diarreia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Redução de líquido no intestino

No organismo dos corredores de longa distância, ocorre um "escape" de sangue das áreas mais centrais, como o intestino, para as que estão necessitando de líquido por causa do esforço feito pelo exercício, como os músculos e coração. Além disso, ao correr, perdemos água através do suor.

Desta forma, essa redução de sangue e água no intestino pode levar a um desequilíbrio intestinal, fazendo com que o corredor sinta vontade de evacuar. A proctologista Maristela Gomes também diz que o uso de anti-inflamatórios pode influenciar nesse quadro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Foto: thianchai sitthikongsak
Foto: thianchai sitthikongsak

"Usados muitas vezes para diminuir as dores musculares, esses remédios liberam, de maneira geral, substâncias pró-inflamatórias no intestino, provocando uma irritação. Esse cenário, somado à menor vascularização do local, pode intensificar o quadro e ocasionar um sangramento", explica.

Para solucionar essa questão, estar bem hidratado é essencial, mas não apenas nos dias que antecedem a corrida: é importante manter uma rotina e um equilíbrio no consumo. Entretanto, hidratar-se não é fundamental apenas antes do exercício, beber água durante a corrida é muito importante, ingerindo de 1 a 2 goles a cada 15 ou 20 minutos.

Dieta

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É sabido que alguns alimentos estimulam o funcionamento do intestino, como iogurte e fibras. Por isso, é recomendado que as refeições pré-corrida sejam livres desses componentes. Se você vai correr pela manhã, por exemplo, não consuma alimentos estimulantes na janta e café que antecedem a prática.

Também é importante que não mude seus hábitos alimentares às vésperas da corrida, para que não haja surpresas. "Neste quesito, é preciso um acompanhamento nutricional, compreensão do metabolismo, evitar alimentos que sabidamente estimulam o intestino e, principalmente, não mudar esse hábito na véspera do exercício", explica a médica Maristela Gomes.

Alguns alimentos que estimulam o intestino são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ansiedade

"No caso das corridas mais longas, a ansiedade entra como uma causa mais presente e pode acelerar o trânsito intestinal por liberar a adrenalina, que aumenta diretamente as contrações de vários órgãos, como o intestino, intensificando o peristaltismo", esclarece a proctologista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Muitos sintomas gastrointestinais, inclusive, podem estar relacionados à ansiedade, estresse emocional e nervosismo, principalmente antes de uma prova. Para se acalmar e, assim, evitar a vontade de evacuar durante a corrida, há algumas estratégias que podem exercitar o autocontrole e ajudar com a manutenção do quadro ansioso, como:

Rotina de ir ao banheiro

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante evitar correr em horários que você costuma ir ao banheiro, pois uma vez que seu organismo já está acostumado a evacuar nesses momentos, é muito provável que a vontade apareça. A dica é esvaziar o intestino antes da prova, mesmo que esse não seja o horário em que você normalmente faz isso.

Para isso, é necessário acostumar o seu intestino com uma nova rotina. Nos dias ou semanas antes da prova, procure ir ao banheiro no momento em que seria melhor para o dia da corrida propriamente dita.

Quer começar a correr?

Corrida: benefícios, como começar a correr e evitar lesões

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alongamento na corrida e na caminhada: antes ou depois?

Corrida de rua ou na esteira: qual a melhor opção para você?