PUBLICIDADE

Patê de cogumelos

Antepasto, que é rápido de fazer, pode ser usado também como acompanhamento de massas ou recheio de tortas

Que tal aprender uma receita prática e versátil de petisco para todas as horas? Esse patê de cogumelo pode ser feito com diversos tipos do fungo, incluindo shitake e shimeji - que já são populares entre os brasileiros.

Além de funcionar como um saboroso antepasto, servido com pão ou torradas, essa receita também pode acompanhar massas e até entrar no recheio de tortas. E a vantagem é que o patê não leva qualquer ingrediente de origem animal, podendo ser consumido por adeptos do vegetarianismo ou veganismo.

Vale lembrar que os cogumelos não devem ser lavados com água corrente antes do preparo. É recomendável limpá-los delicadamente com um pano umedecido ou uma escovinha - e não se preocupe: qualquer microorganismo é eliminado ao refogar os cogumelos no azeite. Veja o passo a passo da receita:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ingredientes

Modo de Preparo

Pique a cebola em cubos pequenos e, em seguida, leve ao fogo médio/alto em uma frigideira com azeite. Cozinhe por cerca de 3 minutos até amolecer. Então, adicione os cogumelos e o alho. Aguarde 1 minuto e adicione o vinagre de maçã e o tomilho. Cozinhe por mais 8 a 10 minutos até que os cogumelos dourem e diminuam de tamanho.

Transfira os cogumelos para o mixer (ou liquidificador) junto com as nozes. Use a função "pulsar" por alguns minutos até obter uma textura de patê grossa. Se precisar, adicione o caldo que ficou da fritura para obter a consistência de sua preferência. Sirva com a salsa a gosto por cima.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dica: o patê de cogumelos pode ser mantido na geladeira por até 5 dias. Quem preferir também pode armazenar o creme no congelador, em um pote bem tampado ou embalagem própria para congelamento, por até 3 meses.