PUBLICIDADE

Conheça diferentes tratamentos da calvície

Problema pode ser contornado com métodos clínicos e cirúrgicos

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Doença caracterizada pelo rareamento dos cabelos, a calvície é um problema herdado geneticamente que pode se manifestar por meio da queda ou afinamento dos fios. Embora também acometa mulheres, ela é bem mais comum entre os homens, afetando cerca de 50% da população masculina. A maior complicação? A perda permanente dos cabelos. Chegar a esse ponto, entretanto, é cada vez mais raro com os diversos tratamentos clínicos e cirúrgicos disponíveis. Conheça os principais deles.

Medicamentos orais

Homem com remédios na mão - Foto Getty Images
Homem com remédios na mão - Foto Getty Images

"Medicamentos orais de tratamento da calvície agem bloqueando os hormônios que causam a queda de cabelos", afirma o dermatologista Ademir Jr., diretor da International Association of Trichologists. Segundo o especialista, o principal deles a diidrotestosterona (DHT), derivado de testosterona. O tratamento dura por tempo indefinido, já que é indicado para pacientes com calvície de origem genética e, portanto, sem cura. O efeito colateral mais comum decorrente da ingestão desses medicamentos é a redução da libido, mas ela costuma ocorrer em cerca de 1% dos casos, apenas.

Medicamentos tópicos

Homem olhando o cabelo no espelho - Foto Getty Images
Homem olhando o cabelo no espelho - Foto Getty Images

"Os medicamentos tópicos podem atuar de duas maneiras: tentando bloquear os hormônios que promovem a queda de cabelos ou estimulando o crescimento de novos fios", afirma o dermatologista Valcinir Bedin, presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo. Por deixarem os fios oleosos e não apresentarem resultados tão positivos quanto os medicamentos orais, eles costumam ser descartados ou associados a outro tratamento. O efeito colateral mais comum são reações alérgicas a alguma das substâncias presentes nos produtos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Implante

omem sentado na cama do hospital - Foto Getty Images
omem sentado na cama do hospital - Foto Getty Images

O transplante de cabelos é a única solução frente a um quadro estável de calvície. "A melhor técnica é o implante fio a fio, em que o paciente recebe anestesia local e é submetido a uma cirurgia de cerca de 5 horas", explica o dermatologista Adriano Almeida, diretor da Sociedade Brasileira do Cabelo. Ela consiste na retirada de uma porção do couro cabeludo do paciente (geralmente na nuca) e inserção na parte receptora (geralmente na frente). As microincisões para implantação do fio são feitas aproximadamente 5 mil vezes. Seis meses depois, os fios já estão com comprimento de três a quatro centímetros. Como os fios vêm do próprio paciente, não há risco de rejeição.

Sprays

Spray de cabelo - Foto Getty Images
Spray de cabelo - Foto Getty Images

Sprays de cabelo não são nada mais do que cosméticos. "Eles dão uma falsa ideia de que a pessoa tem mais cabelo, já que não passam de um pigmento", explica o dermatologista Adriano.

Xampus

Homem lavando o cabelo no banho - Foto Getty Images
Homem lavando o cabelo no banho - Foto Getty Images

Xampus servem para limpar os cabelos e o couro cabeludo, aponta o dermatologista Valcinir. "Eles não estimulam o nascimento de novos fios", afirma. Segundo ele, o máximo que podem fazer é aumentar a resistência à quebra dos fios e eliminar oleosidade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Laser

Homem olhando cabelo - Foto Getty Images
Homem olhando cabelo - Foto Getty Images

Há pouco tempo, o laser passou a fazer parte do arsenal de tratamentos da calvície. Isso aconteceu após a observação do crescimento de pelos grossos e compridos nas áreas em que ele havia sido aplicado. "Hoje ele é amplamente utilizado em sessões completamente indolores de 20 minutos", explica o dermatologista Adriano. O laser acelera o metabolismo das células, acelerando a eliminação de toxinas, a divisão celular e o crescimento da pele.

Outras causas

Mulher tirando cabelos da escova - Foto Getty Images
Mulher tirando cabelos da escova - Foto Getty Images

A queda de cabelo também pode estar associada à deficiência de nutrientes na dieta ou mesmo a problemas fisiológicos, como o hipo ou o hipertireoidismo. Por isso, o problema pode ser resolvido com suplementação ou tratamento do problema desencadeador. Percebendo que os cabelos estão caindo demais ou ficando muito finos, busque um dermatologista especializado em tricologia para receber o diagnóstico correto.