PUBLICIDADE

Obesidade pode favorecer o câncer de ovário

Cada cinco pontos no IMC aumentam em 6% o risco, diz estudo

Uma nova pesquisa sugere que mulheres acima do peso ou com obesidade são mais propensas a desenvolver câncer de ovário, em comparação com mulheres de peso saudável. Investigadores do Fundo Mundial para a Pesquisa do Câncer e do Instituto Americano para Pesquisa do Câncer conduziram o estudo, publicado dia 11 de março na revista do Instituto.

Para chegar a suas conclusões, a equipe de pesquisa revisou 25 estudos envolvendo quatro mil mulheres. Entre elas, 16 mil tiveram câncer de ovário. Os pesquisadores descobriram que, para cada cinco pontos adicionados no índice adicional de massa corporal (IMC) nas mulheres acima do peso (IMC 25 ou mais), houve um aumento de 6% no risco de desenvolver câncer de ovário. Além disso, uma análise revelou que as mulheres com um IMC superior a 28,4 kg/m2 apresentaram um risco significativamente maior de câncer de ovário do que mulheres com um IMC mais baixo.

De acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), um IMC de 18,5-24,9 é considerado um peso normal para adultos com 20 anos ou mais, enquanto 25-29,9 é classificado como sobrepeso e 30 ou acima é considerado com obesidade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Segundo os pesquisadores, ainda são necessários mais estudos para entender qual a relação entre o sobrepeso e risco de câncer de ovário. No entanto, eles acreditam que fatores hormonais possam estar associados.