PUBLICIDADE

Saúde bucal: erros aos escovar os dentes prejudicam a higiene

Usar fio dental após a escovação é um dos erros mais comuns

Escovar os dentes parece uma tarefa fácil, mas há diversos detalhes que podem ser esquecidos no meio desse processo. Com a infinidade de produtos disponíveis para a higiene oral e promessas de uma limpeza cada vez mais poderosa, as pessoas correm o risco de pegar o caminho contrário e prejudicar a saúde bucal em vez de preservá-la. Confira quais são os erros mais comuns e os truques para não repetí-los:

Escova com cerdas duras

Escova de dente cerda dura prejudica pode prejudicar a saúde bucal Foto: GettyImages
Escova de dente cerda dura prejudica pode prejudicar a saúde bucal Foto: GettyImages

Muita força durante a escovação

Escovar os dentes com força pode prejudicar a saúde bucal - foto:GettyImages
Escovar os dentes com força pode prejudicar a saúde bucal - foto:GettyImages

A técnica de escovação deve ser realizada sem o emprego de força. "Além de causar recessão da gengiva, a escovação muito forte provoca desgaste do esmalte, deixando a dentina desprotegida", conta a dentista Ivany Kabbach, da clínica Smile Again. Para evitar esses problemas, é necessário escovar os dentes com movimentos suaves e curtos, sem pressionar demais a escova - não é a força que vai determinar a limpeza dos dentes, e sim os movimentos.

Escovas velhas e desgastadas

Escova de dentes desgastada pode fazer mal à saúde da sua boca foto: GettyImages
Escova de dentes desgastada pode fazer mal à saúde da sua boca foto: GettyImages

Cerdas velhas e desgastadas começam a perder sua força e não conseguem mais remover a placa bacteriana corretamente. "Quando utilizamos a escova 3x ao dia, ela deve durar em torno de 30 a 40 dias", explica a dentista Luciana. Por isso, preste atenção na aparência da sua escova de dente ? se as cerdas estiverem muito abertas ou tortas, é momento de trocar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Escovar os dentes com uma frequência exagerada

Escovar os dentes com frequência exagerada é prejudicial para a saúde dos dentes - Foto:GettyImages
Escovar os dentes com frequência exagerada é prejudicial para a saúde dos dentes - Foto:GettyImages

Qualidade nem sempre é sinônimo de quantidade. O ideal é escovar os dentes de duas a três vezes por dia, para não correr o risco de desgastar o esmalte dental. Além disso, não adianta nada escovar os dentes quatro vezes ao dia de maneira ineficaz - vale mais reduzir o número de escovações e se dedicar à higiene. Uma escovação bem realizada e com técnica adequada demora no mínimo três minutos e envolve não só os dentes, como também língua, gengiva e céu da boca.

Grande quantidade de creme dental

Colocar pasta de dente em excesso na escova pode prejudicar a saúde bucal - Foto: GettyImages
Colocar pasta de dente em excesso na escova pode prejudicar a saúde bucal - Foto: GettyImages

O verdadeiro responsável pela limpeza dental não é a pasta de dente, e sim a escova - é o atrito dela que causará a desorganização da placa dental e sua consequente remoção. Ao colocar pasta de dente em excesso na escova, você corre o risco de gerar muita espuma e atrapalhar o processo de escovação. Segundo a dentista Luciana, a quantidade de creme dental necessária para uma boa higienização é o equivalente a meio grão de feijão. "É o suficiente para ter o efeito de limpeza sem atrapalhar com excesso de espuma, pois precisamos ver o que estamos fazendo", lembra.

Pasta de dentes abrasiva

Pasta de dente abrasiva pode desgastar o esmalte do dente Foto: GettyImages
Pasta de dente abrasiva pode desgastar o esmalte do dente Foto: GettyImages

"Assim como a escovação exagerada, o uso de pastas de dente abrasivas pode desgastar o esmalte dos dentes, gerando sensibilidade nos dentes e erosão do esmalte", afirma a dentista Ivany. Uma pasta de dentes normal é mais do que suficiente para garantir a limpeza adequada, sendo que a indicações de pastas mais abrasivas dependerá do paciente, cabendo ao dentista orientar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Escovar os dentes imediatamente após as refeições

Escovar os dentes depois de comer traz malefícios para a saúde bucal Foto: GettyImages
Escovar os dentes depois de comer traz malefícios para a saúde bucal Foto: GettyImages

Ao fazer uma refeição, estamos ingerindo diversos alimentos com propriedades e estruturas diferentes. Alimentos como frutas, café e refrigerantes podem alterar o pH da saliva, que fica mais ácido e favorece a desmineralização dentária - e escovar os dentes pode intensificar esse processo. "O correto seria esperar no mínimo 20 minutos após a refeição para escovar os dentes, pois este é o tempo necessário para que a saliva possa agir e neutralizar o pH dos alimentos e bebidas", ressalta a dentista Luciana.

Fio dental antes ou depois da escova?

Homem fio dental antes de escovar os dentes Foto: GettyImages
Homem fio dental antes de escovar os dentes Foto: GettyImages

Muitas pessoas acreditam que o fio dental deve ser passado após a escovação, com um complemento da higiene bucal. Entretanto, o ideal é fazer o contrário: fio dental primeiro e depois escovar os dentes. "O fio dental remove os resíduos e biofilme dental que ficam entre os dentes, e a escovação na sequência terminará de removê-los", explica a dentista Luciana. O fio dental garante maior proteção contra gengivite e retração gengival, além de eliminar resíduos que a escova não alcança. Dessa forma, o fio dental é o início do processo de higiene bucal, uma vez que ele prepara os dentes para receber a escovação. De acordo com as especialistas, não é necessário usar fio dental em todas as escovações - basta escolher uma e manter a constância.