PUBLICIDADE

Quimioterapia: medidas reduzem exposição do paciente a infecções

Evitar andar descalço e tomar a vacina da gripe estão entre os cuidados

As pessoas que realizam o tratamento quimioterápico apresentam maior risco de infecções. Isto ocorre porque os medicamentos utilizados para matar as células cancerosas (chamadas de quimioterapia) podem também prejudicar a capacidade do corpo de produzir todas as células sanguíneas, incluindo as células de defesa, chamadas leucócitos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O risco aumenta quanto mais sessões de tratamento a pessoa realiza, porém, em alguns casos, os médicos prescrevem antibióticos preventivamente para as pessoas que estão com alto risco de infecção. Além disso, os médicos podem prescrever medicamentos que ajudam o corpo a produzir mais células de defesa. Mas estes não são apropriados para todos os que são tratados para o câncer.

Dúvidas sobre o afastamento do trabalho, deslocamento para o trabalho e passeios em locais públicos são frequentes. Muitas pessoas podem trabalhar durante a quimioterapia, desde que sua rotina e o tipo de trabalho não interfiram no tratamento. Se possível, é indicado que a pessoa possa trabalhar em casa e/ou trabalhar meio-período. O ideal é evitar locais fechados e com grande quantidade de pessoas com sintomas de doenças.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pacientes que realizam tratamento quimioterápico devem ter alguns cuidados em relação às infecções. Aqui relacionamos algumas dicas:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)