PUBLICIDADE

Hímen complacente ou elástico não se rompe e pode causar dor no ato sexual

Tratamento pode ser realizado em qualquer fase do desenvolvimento

Primeiro precisamos entender que o hímen é uma membrana incompleta que separa a região da vulva da entrada da vagina. Na fase embrionária ela é fechada e, antes do nascimento, ocorre uma destruição das células do seu centro abrindo assim uma passagem. Algumas vezes esta degeneração não ocorre de maneira adequada. Assim, se formam três tipos de himens:

Estas alterações anatômicas podem ser vistas e avaliadas em exame clínico simples. O tratamento pode acontecer em qualquer momento do desenvolvimento da criança e adolescente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tratamento

Em alguns casos, a cirurgia torna-se necessária. Ela é simples, feita com anestesia e refaz a abertura adequada da vagina. Durante as primeiras relações sexuais, o hímen é rompido e pode levar a um sangramento discreto.

As mulheres e adolescentes devem conhecer seus corpos. E é importante que elas saibam que mesmo sem terem tido relações sexuais, podem usar absorventes internos sem qualquer problema.

Se a sexualidade já é cheia de preconceitos e tabus entre nós, o hímen é onde eles se concretizam. Até muito pouco tempo atrás, em 2003, a nossa constituição determinava que o casamento poderia ser anulado se a mulher não fosse virgem. Com isso, em muitos lugares a plástica para refazer o hímen se tornou comum. Devemos educar a sociedade e mostrar que a sexualidade da mulher é muito mais que o hímen.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)