PUBLICIDADE

Seis formas minimamente invasivas de tratar as dores na coluna

Procedimentos modernos podem ser a resposta para a dor que não passa

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

As dores da coluna vertebral mais comuns são causadas principalmente pelos músculos do local. A doença tecnicamente chamada de miofacial, nada mais é que uma dor de contratura muscular. Muitas vezes esta dor na coluna está relacionada com o estresse e o sedentarismo, uma vez que a musculatura fica flácida e fraca, gerando a dor. Mas em alguns casos estas dores são secundárias, por exemplo a um desgaste da coluna, a uma hérnia de disco ou outra doença da coluna. Todos estes tipos de dores, independente da causa principal, são muito parecidos.

Todos estes tratamentos visam reverter a dor de forma menos agressiva, com cortes menores, com menor sangramento, com menor tempo de internação e volta ao trabalho e atividades normais mais rapidamente

O tratamento destas dores, salvo raras exceções, são com medidas como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Aproximadamente 80% dos pacientes corretamente tratados apresentam melhoras das dores com estes tratamentos apenas. Cerca de 20% necessitam de uma abordagem mais específica, e algumas opções são a radiofrequência e o bloqueios da dor.

A radiofrequência é um tratamento feito por agulhas colocadas na coluna, próximo aos nervos - guiada por raios-x - ligadas a um aparelho que leva uma onda elétrica diretamente aos nervos inflamados por uma hérnia, por exemplo, ou uma doença das juntas, e tratam estas estruturas "desinflamando", melhorando a dor na coluna. O procedimento é feito com anestesia local e leve sedação, e tem duração de cerca de 15 minutos, não há cortes e logo em seguida o paciente recebe alta.

O bloqueio da dor é um tratamento feito de forma parecida. Nele a agulha é colocada na coluna, também guiada por raios-x, e é inserido um medicamento para "desinflamar" os nervos e tratar a dor. Este procedimento dura cerca de dez minutos, é feito com anestesia local e sedação, não há cortes e o paciente recebe alta logo em seguida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Uma pequena minoria destes pacientes são tratados com as cirurgias, ressaltando que as cirurgias modernas, como as minimamente invasivas, são usadas em casos específicos. A cirurgia minimamente invasiva é feita através de pequenos cortes, guiada muitas vezes pelo microscópio ou pelo endoscópio - no caso da endoscopia da coluna. São cirurgias que podem ser feitas com anestesia local e sedação, no caso da endoscopia, e pequenos cortes e anestesia geral no caso da minimamente invasiva tradicional.

É importante ressaltar que todos estes tratamentos visam reverter a dor de forma menos agressiva, com cortes menores, com menor sangramento, com menor tempo de internação e volta ao trabalho e atividades normais mais rapidamente. O tratamento multidisciplinar - médico, fisioterapeuta, nutricionista e psicólogo -, hoje já com evidência dentro dos trabalhos científicos, é o caminho para o tratamento eficiente destas dores.