PUBLICIDADE

Pedra na vesícula: conheça os fatores de risco e como prevenir

Ser mulher e ter histórico familiar são fatores que aumentam as chances de desenvolver o problema

Colelitíase, popularmente conhecida como pedra na vesícula, é uma doença que acomete cerca de 10% da população. Neste texto vamos abordar aspectos relacionados aos cálculos de colesterol, que são os mais prevalentes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A bile é composta basicamente por colesterol, sais biliares e bilirrubina. Quando ocorre um desequilíbrio entre os fatores que mantém a solubilidade da bile temos a formação de cristais de colesterol em um gel, que se acumula pela redução da motilidade da vesícula biliar, formando assim os cálculos de colesterol.

Fatores de risco

Os fatores de risco para o desenvolvimento de cálculos biliares habitualmente estão relacionados à secreção biliar de colesterol aumentada e de sais biliares reduzida, ou com a diminuição da motilidade da vesícula biliar. Entre estes fatores de risco podemos citar:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Prevenção

Na prevenção da formação de cálculos biliares, pode-se fazer algumas observações:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bibliografia

Sleisenger and Fordtran's Gastrointestinal and Liver Disease- 2 Volume Set: Pathophysiology, Diagnosis, Management, 10e. FELDMAN, Mark, FRIEDMAN, Lawrence S. and BRANDT, Lawrence J.

CURRENT Diagnosis & Treatment: Gastroenterology, Hepatology, & Endoscopy, 2e. Norton J. Greenberger, Richard S. Blumberg, Robert Burakoff.