PUBLICIDADE

9 cuidados para prevenir doenças no escritório

Veja as dicas da especialista para manter você e seus colegas de trabalho longe dos vírus

Muitos de nós provavelmente passamos mais horas do dia com colegas de trabalho do que com a família. Compartilhamos estações de trabalho e salas de reunião, isto sem contar a máquina de café e os bolos de aniversário na copa.

Locais fechados e com grande concentração de pessoas proporcionam condições para a transmissão de algumas doenças, em especial aquelas que passam de pessoa para pessoa através de gotículas de saliva presentes na tosse, na fala e também nas superfícies das mãos e daquilo que se toca. É assim se transmite a gripe, por exemplo, e também outras doenças como a caxumba.

Estas duas viroses são de fácil transmissão, mas têm a vantagem de serem rapidamente reconhecidas - nenhum gripado passa despercebido, assim como quem está com caxumba geralmente apresenta febre, mal-estar, dor no corpo e na cabeça e dor e inchaço na parótida, que é uma glândula que produz saliva e fica logo à frente da orelha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dica 1: Por este motivo, a primeira dica para evitar as doenças no trabalho é não comparecer ao local quando estiver com os sintomas, dessa forma é possível proteger os colegas e também fazer com que o seu corpo se recupere mais rápido. No caso destas infecções, a vacina também pode estar indicada.

O difícil é que os vírus da gripe e da caxumba podem ser transmitidos já alguns dias antes do início dos sintomas. É por este motivo que algumas medidas devem ser sempre aplicadas, mesmo quando não houver ninguém (aparentemente) doente por perto:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante lembrar que em locais fechados, como escritórios, escolas e outras instituições, o aparecimento de vários casos da mesma doença deve ser notificado à autoridade sanitária de cada região, para avaliação de medidas cabíveis para investigação e prevenção de novos casos.