PUBLICIDADE

Cuidar das varizes é tão importante quanto cuidar da saúde

A manifestação inicial dos problemas vasculares é silenciosa

Ficar muitas horas em pé, estar acima do peso, não praticar atividade física são alguns agravantes que podem levar ao aparecimento das varizes, doença crônica e progressiva, com sintomas demorados.

As varizes tornam-se mais freqüentes na terceira idade, o que não se torna impedimento para corrigi las, principalmente se comprometem a estética e/ou funcionalidade do membro afetado.

Esta doença geralmente acontece quando as veias, portadoras de válvulas que impedem o retorno do sangue para os pés, apresentam deficiência e este sangue acumula-se. As veias então ficam dilatadas, causam deformação, inchaço e alterações nasensibilidade da pele.

A correção cirúrgica às vezes é contra indicada em virtude da idade e do risco anestésico ou pós-operatório. Por isso, existe a necessidade de usar métodos diferentes que tornem viável o procedimento.

Um método atual é o uso da escleroterapia com espuminha. Os resultados têm sido promissores, as varizes são corrigidas, a pressão venosa diminui e há conseqüente melhora funcional dos sintomas das varizes , completa Dr. Walter Campos Jr., Médico e Cirurgião Vascular do Instituto H. Ellis. A experiência com esse tipo de tratamento leva a acreditar que seja o primeiro indicado para os pacientes da melhor idade. O procedimento é simples, em geral realizado no consultório, podendo ou não ser acompanhado por ultra-som, sem necessidade de internação ou repouso prolongado.

Dr. José Mario Reis é Médico e Cirurgião Vascular do Instituto H. Ellis - Centro Multidisciplinar de Diagnóstico e Tratamento em Sexualidade Humana,

Colaborador: Dr. Walter Campos Jr. - Médico e Cirurgião Vascular do Instituto H. Ellis - Centro Multidisciplinar de Diagnóstico









NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)