PUBLICIDADE

Por que algumas mulheres têm tanta facilidade para engravidar e outras não?

Estilo de vida, estresse e alimentação são alguns fatores que influenciam

A dificuldade em engravidar ocorre em 10 a 15 % dos casais. Mulheres que têm ciclos regulares, que nunca tiveram nenhuma infecção pélvica, apendicite, ou que nunca foram submetidas a cirurgias no aparelho reprodutivo e que tem um índice de massa corpórea normal, ou seja, não são obesas ou muito magras, são mulheres que naturalmente vão ter uma maior fertilidade.

A endometriose, por exemplo, é uma das doenças de maior evidência no momento, considerada uma doença da mulher moderna, que está adiando a maternidade e, dessa maneira, tendo um maior número de menstruações. Estima-se que atinja 10 a 15 % das mulheres em idade reprodutiva e que 40% da mulheres com dificuldade para engravidar tem endometriose. No Brasil, em torno de 6 milhões de mulheres são portadoras de endometriose, e o diagnóstico pode demorar de 7 a 9 anos para ser feito, portanto, é fundamental prestar atenção aos sintomas e procurar o auxílio médico para que o diagnóstico seja feito em fases iniciais onde o tratamento é mais eficaz.

As mulheres com Síndrome dos Ovários Policísticos têm maior dificuldade em ovular e, por consequência, engravidar. É necessária uma correção do peso devido ao aumento da resistência a insulina, praticar atividades físicas e usar drogas que estimulem os ovários.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O estilo de vida, estresse a que somos submetidos diariamente e alimentação são fatores que devemos cada vez mais corrigir como promotores da saúde em geral e, portanto, com grandes reflexos na saúde reprodutiva.

Um fator que não temos que corrigir é a idade, é amplamente conhecido que a mulher vai diminuindo a fertilidade já a partir dos 30 anos fato esse que se acentua após 35 anos e atinge valores significativos depois dos 40 anos.