PUBLICIDADE

Conheça soluções que ajudam a tratar a afta

Confira o que é eficaz e quais podem piorar o problema

Afta é um problema muito comum, caracterizado por feridas dolorosas na boca. Elas costumam surgir geralmente na língua e nas paredes internas da boca.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Na maioria dos casos, a afta desaparece sozinha. Portanto, o tratamento para aftas só é necessário quando a dor passa a ficar insuportável. De acordo com odontologista Luccas Carvalho, se houver necessidade de medicamentos, o mais indicado é a aplicação de corticoide tópico (cremes, loções, géis e pomadas).

Desta forma, ao notar um agravamento dos sintomas, procure um médico o mais rápido possível.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Remédio caseiro para afta funciona?

Existem uma série de remédios caseiros para aftas ensinada entre as pessoas e até em sites na internet:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Muitos fazem uso de alguns medicamentos caseiros, como bicarbonato de sódio, própolis, entre outros, porém não são efetivos. O bicarbonato de sódio vai servir para diminuir a dor, já que irá destruir as células nervosas responsáveis por ela, porém irá prolongar ainda mais a espera até que desapareça, já que irá causar a destruição dos tecidos normais da mucosa", disse Luccas Carvalho.

Segundo o odontologista, algumas atitudes podem ajudar no tratamento das aftas, como fazer bochechos com antiséptico bucal - para possíveis infecções -, evitar alimentos mais ácidos por intensificar a dor e diminuírem a queratinização da mucosa oral, e uso de analgésicos para alívio da dor.

Medicamentos para Afta

Os medicamentos mais usados para o tratamento de afta são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)