Dicas simples ajudam a parar a diarreia mais rápido

Ingerir bastante líquido e consumir os alimentos corretos contribuem para o tratamento eficaz e rápido do quadro.

Diarreia é definida como mais de duas evacuações diárias ou mais do que é o habitual para aquela pessoa. Cerca de 525.000 crianças morrem anualmente por diarreia, sendo a segunda maior causa de morte em menores de 5 anos no mundo. Essas mortes ocorrem por complicações como desidratação e sepse por bactérias e são mais comuns em desnutridos.

Habitualmente, a diarreia é causada por vírus, bactérias, parasitas ou toxinas adquiridas através da ingestão de água e comida contaminadas ou diretamente de uma pessoa para outra por hábitos inadequados de higiene. Outras causas incluem efeito adverso de medicamentos, síndrome do intestino irritável, diarreia funcional, doenças inflamatórias intestinais, alterações hormonais, entre outras.

Durante as crises de diarreia, o principal tratamento a ser realizado é manter a hidratação e evitar a desnutrição. Portanto, deve ser ingerida uma quantidade adequada de água, soluções de reidratação (soluções industrializadas ou soro caseiro), água de coco e bebidas isotônicas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Inicialmente, para reduzir a quantidade da diarreia e manter o estado nutricional correto é indicado uma dieta pobre em resíduos e de fácil digestão. Por isso é recomendado:

Cardápio para tratamento de diarreia

O cardápio para o tratamento de diarreia pode incluir bananas, maçãs, cereais como arroz cozido, batatas inglesas cozidas, torradas e biscoitos do tipo cream cracker.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, alimentos com probióticos como iogurtes naturais e kefir podem, em alguns casos, auxiliar a reduzir a duração da diarreia.

Os probióticos ajudam a equilibrar a flora intestinal, dificultam a adesão de bactérias patogênicas à mucosa intestinal e modulam o sistema imunológico auxiliando no combate à infecção.

Alimentos para evitar durante a diarreia

Existem alguns alimentos que pode acabar piorando o quadro, por isso evite:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Procurando ajuda médica

Pacientes com diarreia devem consultar um médico que avaliará a presença de sinais de alarme como desidratação (sede intensa, boca seca, redução da quantidade de urina, urina escura, queda do estado geral), dor abdominal intensa ou persistente, sangue ou muco nas fezes e febre, solicitará os exames necessários e indicará tratamento de suporte, como hidratação, e prescreverá medicamentos de acordo com a causa da diarreia e a sua gravidade.

A prevenção da diarreia é feita com medidas de saneamento básico garantindo o acesso à água potável, hábitos adequados de higiene (por exemplo, lavar as mãos com sabão após ir ao banheiro e antes de alimentar-se), evitar o consumo de carnes cruas, armazenar alimentos de forma adequada e vacinação contra rotavírus.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bibliografia

Sleisenger and Fordtran's Gastrointestinal and Liver Disease- 2 Volume Set: Pathophysiology, Diagnosis, Management, 10e. FELDMAN, Mark, FRIEDMAN, Lawrence S. and BRANDT, Lawrence J.

http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs330/en/

Probiotics for gastrointestinal disorders: Proposed recommendations for children of the Asia-Pacific region. Cameron D1, Hock QS2, Kadim M3, Mohan N4, Ryoo E5, Sandhu B6, Yamashiro Y7, Jie C8, Hoekstra H9, Guarino A World J Gastroenterol. 2017 Dec 7;23(45):7952-7964. doi: 10.3748/wjg.v23.i45.7952.