PUBLICIDADE

Usar lente de contato após cirurgia ocular pode causar complicações?

Fazer o uso da lente de contato antes do período pode causar queimação, coceira e vermelhidão nos olhos

Quando um paciente sofre com miopia, hipermetropia ou astigmatismo pode acabar optando por ser submetido a "cirurgia refrativa com excimer laser" para correção do problema, sendo que em mais de 90% dos casos obtém êxito, o que resulta na liberdade dos óculos e lentes de contato.

No entanto, em alguns casos é possível que ocorra algumas complicações como uma hipercorreção (sobra do grau), regressão (recidiva do grau) ou mesmo aumento do grau (o olho continua desenvolvendo o grau mesmo na idade adulta).

Estes pacientes poderão ser submetidos a nova cirurgia corretiva, desde que as condições oculares permitam o procedimento. Entretanto, alguns pacientes optam por não realizarem uma nova correção, preferindo uso de óculos ou lentes de contato.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como funciona a cirurgia ocular?

A "cirurgia refrativa com excimer laser" proporciona um trauma dos nervos corneanos, levando a uma baixa de sensibilidade na superfície corneana, diminuindo o estímulo nervoso e, consequentemente, diminuindo a produção de lágrima. Por esse motivo, algumas pessoas podem sofrer com o olho seco transitório, onde mais tarde será restabelecido a produção normal do filme lacrimal.

As técnicas mais utilizadas para realizar a cirurgia são o PRK e o LASIK. No PRK a regeneração dos nervos com a normalização da produção do filme lacrimal em média são 30 dias. No caso do LASIK , pode durar de 6 a 9 meses, para que o olho volte a ter o filme lacrimal sem alteração.

Posso usar a lente de contato após a cirurgia?

Pacientes que utilizam lentes de contato (rígidas ou gelatinosas) antes do período de normalização do filme lacrimal após a cirurgia, podem apresentar sintomas como queimação, prurido (coceira), sensação de corpo estranho, vermelhidão e flutuação na visão.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A lágrima apresenta vários componentes na sua estrutura. Dentre eles estão as células de defesas. A lente de contato pode provocar pequenas erosões na superfície da córnea (microulcerações). Com a diminuição das células de defesa pela alteração do filme lacrimal, a córnea fica susceptível a infecção por bactérias ou fungos, podendo estas alterações levar a sequelas graves da córnea.

Portanto, sempre que for optar por uso de lentes de contato, seja um paciente que não foi submetido ou aquele que foi submetido a cirurgia refrativa, procurar o médico oftalmologista para que ele possa avaliar o filme lacrimal e saber se as condições desta estrutura não oferecem risco ao uso de lentes de contato.