Sem desconforto: dicas para driblar imprevistos com lentes de contato

Com o devido preparo, uso das lentes de contato tem tudo para ser bem-sucedido

Você não precisa ser nenhum expert em lentes de contato para começar a usá-las. Consultar o oftalmologista e se informar adequadamente são medidas que dão conta do recado. Ainda assim, um imprevisto ou descuido pode surgir pelo caminho. E como preveni-los da melhor forma? Estando preparado, naturalmente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

São, em teoria, cuidados muito simples, como ter um par extra de lentes de contato e carregar consigo o estojo de armazenamento e um pouco da solução multipropósito. Na prática, porém, eles fazem toda a diferença.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Na matéria abaixo, você descobre como usar as lentes de contato com segurança e sem se expor a nenhum tipo de risco, mesmo quando parece inevitável. Saiba mais:

1 - Tenha um par extra de lentes de contato

Você pode experimentar lentes de contato com prazos de validade diferentes, como as de descarte diário, quinzenal, mensal e até anual. Independentemente da escolha, é interessante ter em casa um par extra, já que imprevistos podem surgir em meio à rotina, como uma lente que se perde ou rasga na hora da higienização.

"Sempre é bom ter um par extra de lentes com você para não ficar sem opções de uso e tendo que usar o óculos em situações que não gostaria, como praticando esportes ou em algum evento social", explica a oftalmologista Patricia Kakizaki, diretora médica do Santa Cruz Eye Institute.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2 - Anote a validade no calendário

As lentes de contato têm um prazo de validade que deve ser respeitado. Ele diz respeito à conservação do material com que as lentes são confeccionadas - no caso das gelatinosas, o silicone hidrogel. Conforme o prazo se aproxima, a lente vai perdendo características fundamentais, que podem ser sentidas pelo próprio usuário.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O grande problema é que a lente vai perdendo a qualidade do material, que vai ficando danificado. Muda a hidratação da lente, o índice de troca de oxigênio com os olhos. Com a lente fora da validade, a pessoa pode sentir desconforto, vermelhidão nos olhos, sensação de corpo estranho e lacrimejamento", explica a oftalmologista Sophia Zanatta Valentini, da Cia. da Consulta.

Para não correr esse risco, a dica é anotar o prazo de validade das lentes de contato em algum lugar visível. Pode ser em um calendário na mesa de trabalho, na lista de alarmes no celular ou mesmo na agenda física.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

3 - Carregue o estojo e a solução de limpeza com você

Essa é uma dica que vale tanto para usuários mais experientes como àqueles que estão se aventurando no universo das lentes de contato pela primeira vez. Em caso de desconforto ou necessidade - como dormir fora de casa, por exemplo - você estará devidamente preparado para retirar as lentes sem se expor a riscos desnecessários, desde que esteja com o estojo e a solução de limpeza na bolsa.

Mas atenção: o processo de colocar ou retirar as lentes só deve ser feito após a devida higienização das mãos. Conforme explica a oftalmologista Patrícia Kakizaki, as mãos são a nossa maior fonte de contaminação, podendo levar a infecções oculares.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Após lavar mãos e unhas com sabonete, também é importante aplicar um pouco de solução multipropósito sobre as lentes, única substância que consegue limpá-las e desinfetá-las adequadamente. O estojos de armazenamento também deve ser higienizado com a mesma solução e trocados a cada 3 meses.

4 - Antes de dormir, retire as lentes

Nunca é tarde para desenvolver hábitos mais saudáveis de vida, não é mesmo? Para quem usa lentes de contato, vale o mesmo raciocínio. Para prevenir riscos e complicações, é super importante respeitar também o momento de retirada das lentes de contato, de preferência antes de ir para a cama. Para não esquecer, a dica é retirá-las na hora de escovar os dentes.

"Durante o sono, ao estar com os olhos fechados por longos períodos, a lubrificação diminui, o que pode fazer com que a lente resseque e fique grudada na córnea. Reduz também a troca de oxigênio, fatores que aumentam as chances de que ocorram lesões na região e abrindo uma perigosa porta de entrada para micro-organismos e infecções", afirma Patricia Kakizaki.

5 - Limpe as lentes com calma e delicadeza

Antes de colocar ou após retirar as lentes de contato, é necessário fazer um enxágue cuidadoso com a solução multipropósito. Essa etapa ajuda a remover resíduos de proteínas e lipídios, além de promover a desinfecção das lentes. Neste momento, não é preciso fazer uso da força: uma fricção suave é suficiente para a limpeza e previne pequenos cortes ou rasgos na lente.

Rasgou? Então, é hora de descartar a lente. De acordo com a oftalmologista Sophia Zanatta, lentes com irregularidades, como no caso de um rasgo, podem causar desconforto, vermelhidão nos olhos, lacrimejamento e até pequenos machucados na córnea. O par extra de lentes, como falamos em cima, ajuda a driblar imprevistos como esses.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

6 - Tenha um colírio sempre com você

As lentes de contato gelatinosas costumam proporcionar bastante conforto para seus usuários, mesmo após longos períodos de uso. Ainda assim, alguns ambientes podem aumentar a sensação de ressecamento, como aqueles em que o uso do ar-condicionado é contínuo. Para evitar o incômodo, a dica é contar com um colírio oftalmológico.

Segundo Patrícia Kakizaki, os colírios lubrificantes funcionam como a lágrima, a substância do nosso corpo que fica responsável pela hidratação ocular. Dessa forma, o colírio é capaz de prevenir o ressecamento da lente e sua aderência à córnea, melhorando a troca de oxigênio. Basta consultar o oftalmologista e escolher aquele que é melhor para você e seu tipo de lente de contato.

Lentes de contato diárias: uma alternativa

Como falamos em outras matérias, as lentes de contato podem ser dividas de acordo com a opção de descarte. Para driblar imprevistos e garantir uma visão de qualidade, a dica é apostas nas lentes de contato de descarte diário.

Este tipo de descarte é uma boa alternativa pois dispensa a rotina de higienização e armazenamento das lentes de contato de troca programada. Com elas, é possível evitar riscos como: lentes fora da validade, infecções e alergias, ressecamento e outras situações que listamos anteriormente.

O uso das lentes de contato de descarte diário também é muito simples: ao fim do dia, basta fazer a higiene normal das mãos, remover as lentes e descartá-las, para no dia seguinte usar lentes de contato novas e hidratadas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)