Alimentos ricos em açúcar e como reduzir o consumo no dia a dia

Excesso da substância está ligado a problemas como obesidade, diabetes e até danos na saúde bucal

Quando falamos em açúcar, que alimentos vêm à sua mente? Balas, chicletes, sobremesas, sorvete, chocolate? Estes exemplos são, de fato, ricos em açúcar e devem ser consumidos com muita moderação - e até evitados, como no caso de balas e chicletes. Mas você sabia que eles não são os únicos? Algumas comidas e bebidas que parecem saudáveis e amigas da saúde também escondem altos níveis de açúcar em sua composição.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, até mesmo os salgados podem apresentar altas taxas de açúcar e gordura em sua composição. Em longo prazo, além de sobrepeso, o consumo elevado da substância pode levar a alguns problemas graves de saúde. A Associação Paulista Para o Desenvolvimento da Medicina enumera alguns deles: disbiose intestinal, depressão, câncer, diminuição da absorção de magnésio e cálcio e, por fim, problemas bucais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os efeitos do açúcar na saúde bucal podem não ser sentidos imediatamente após a ingestão, mas merecem a sua atenção. Ao consumir produtos ricos na substância, acabamos "alimentando" as bactérias que vivem na boca e que precisam justamente do açúcar para conquistar energia. Elas então produzem ácidos que podem dissolver, aos poucos, o esmalte dos dentes, o que favorece o surgimento de cáries.

Excluir completamente o açúcar da dieta nem sempre é uma opção, nós sabemos. Mas identificar quais alimentos são ricos nessa substância e consumi-los com bastante moderação é um caminho para evitar os danos causados pelo excesso de açúcar e conservar uma boa saúde bucal. Na lista abaixo, você descobre que bebidas e comidas são essas, saiba mais:

Alimentos com alto teor de açúcar

Sucos de fruta

Os sucos naturais não são exatamente "vilões" da saúde, por conta das fibras e vitaminas presentes na bebida. O problema é que, para preparar um copo de suco, precisamos de mais porções de fruta, o que aumenta a quantidade de açúcar no resultado final. A dica é optar por sucos de frutas com bastante água, como melancia e melão, e não adoçar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Já os sucos industrializados, ou de caixinha, devem ser evitados. Além de de conservantes, aromatizantes e outros ingredientes que merecem atenção, um copo de suco de caixinha podem apresentar quase a mesma quantidade de açúcar do que uma latinha de refrigerante tradicional, de acordo com uma análise da PROTESTE.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Granola

Você costuma analisar o rótulo da granola que consome com iogurte e frutas? Esse cuidado é muito importante. A granola, aparentemente saudável, pode esconder altas doses de açúcar. Durante a sua produção, o alimento pode ser acrescido de açúcar cristal ou xarope de glicose, para agradar o paladar. Antes de colocar no carrinho de compras, verifique se o açúcar tradicional está entre os ingredientes e prefira opções mais naturais, com mel ou açúcar mascavo em quantidades reduzidas.

Produtos lácteos

O iogurte tradicional - e natural - é um ótimo alimento para incluir na dieta. Porém, quanto mais artificial e saborizado, maior pode ser a dose de açúcar em sua composição. Produtos como iogurte com polpa de morango, leite fermentado de morango e petit suisse, por exemplo, contam com alto teor de açúcar e devem ser consumidos com atenção e equilíbrio, também de acordo com pesquisa feita pela PROTESTE. Na dúvida, como dissemos ali em cima, prefira um iogurte natural e sem tantos aditivos químicos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ketchup

Além de açúcar, algumas marcas de ketchup podem contar ainda com outros ingredientes de alerta, como gorduras saturadas, gorduras trans e sódio. Vale a pena investigar o rótulo da marca escolhida e evitar condimentos com muito açúcar e outros elementos industrializados.

Barrinha de cereal

Você costuma comer uma barrinha de cereal entre as refeições? Atenção, elas também contam com muito açúcar na composição, como é o caso do xarope de glicose. Outros ingredientes também podem estar presentes e acarretar danos à saúde em longo prazo, como: gordura saturada, sódio e aditivos - a exemplo de BHA e BHT, que já foram banidos de alguns países da Europa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Investindo em bons hábitos de higiene bucal

Como comentamos no começo deste texto, nem sempre é fácil eliminar completamente o açúcar, mesmo em suas variantes mais saudáveis, da dieta. Mas calma, não precisa ser tão radical assim. Além do consumo moderado e consciente, é preciso investir em uma boa higiene bucal para evitar o desgaste do esmalte, consequentemente, cáries e outros problemas bucais. Mas por onde começar?

Além de escovar muito bem os dentes após ingerir alimentos açucarados, para eliminar resíduos e bactérias, é muito importante contar com um creme dental completo para a proteção da saúde bucal, além de utilizar o fio dental regularmente.

O novo Colgate Total 12 tem uma forma exclusiva e clinicamente comprovada para ajudar a prevenir cáries e cavidades causadas pelo açúcar e ácido dos alimentos. Ele também fortalece o esmalte dos dentes, reduz a placa bacteriana e mantém língua, bochecha e gengivas saudáveis.