7 impactos do estresse na sua saúde bucal

Os sinais do estresse não ficam restritos à pele; saiba identificar

Como está sua saúde mental? Estresse, ansiedade e depressão têm se tornado frequentes na população. Isso porque rotina agitada, múltiplas tarefas e a falta de descanso criam um ambiente propício para a sobrecarga mental.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Uma prova consistente do avanço do problema são os sintomas, que deixaram de ser psicológicos e já atingem o corpo físico. Queda de cabelo, unhas quebradiças, dificuldade para dormir, alergia na pele e baixa imunidade são alguns deles.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Porém, além destes, os sinais podem se manifestar em um lugar que muitas vezes não damos tanta atenção: a boca. Por ser um local sensível, os impactos do estresse na saúde bucal são diversos. Confira alguns deles abaixo:

Mau hálito

O mau odor não é agradável para ninguém, mas ele é um sinal importante de algo não vai bem. As causas do mau hálito incluem gengivite, língua saburrosa, boca seca e outras ocorrências que podem estar associadas ao estresse.

O novo Colgate Total 12 é indicado para o caso porque neutraliza as bactérias que causam o mau hálito e cria uma barreira protetora nos dentes. Apesar da necessidade da consulta regular com o dentista, o uso constante do creme dental ajuda a evitar os problemas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Boca seca

A falta de salivação em momentos de tensão pode acontecer com qualquer pessoa, isso porque o estresse diminui o fluxo das glândulas salivares ou é atrapalhado pela falta de água, comida e respiração inadequada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além da boca seca ser incômoda, ela pode causar mau hálito também pela falta de umidade e cárie pela desmineralização dos dentes. Um sinal de alerta de alerta é quando a boca seca se torna constante, pois indica que há um problema maior e deve ser investigado junto com o dentista.

Aftas e gengivites

Com a queda da imunidade causada pelo estresse, o corpo fica suscetível a infecções como aftas e gengivites. O primeiro caso acontece quando pequenas úlceras branco-amareladas aparecem na cavidade bucal, enquanto o segundo quadro é caracterizado pelo sangramento e retração da gengiva. Outras lesões, como bolhas, também podem surgir sem motivo aparente, mas sempre atrelados aos quadros de estresse.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Neste sentido, vale lembrar que o ambiente, boa alimentação e a higiene bucal são importantes para diminuir as chances de contaminação bacteriana e reforçar o sistema imunológico.

Para manter a higiene em dia, lembre-se sempre de utilizar fio dental e a nova Colgate Total 12. O creme dental foi desenvolvido para proteger língua, dentes, bochechas e gengiva contra as bactérias que causam tártaro, cáries e gengivite.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bruxismo

As causas do bruxismo são diversas e, claro, incluem o estresse. Quando o corpo e a mente estão sobrecarregados, a tensão é sentida nos ombros e no pescoço, como dor de cabeça, na boca e até no maxilar.

O ranger e apertar os dentes são as principais características do bruxismo. Quase sempre esse movimento é involuntário, apenas uma resposta da tensão do corpo, porém, não é saudável. Em longo prazo, ele pode desgastar o esmalte do dente e levar à disfunção da articulação da mandíbula.

Cigarro

O tabagismo é considerado um vício extremamente prejudicial à saúde e começa justamente como algo casual, para aliviar o estresse. Além de todos os malefícios para pulmão, pele e pressão arterial, ele tem efeitos negativos para a cavidade bucal porque as substâncias tóxicas diminuem a circulação vascular dos tecidos que envolvem os dentes. A consequência mais grave é a possibilidade do câncer de boca ou garganta, mas ele também tende a danificar o esmalte, bem como enfraquecer e escurecer os dentes.

Morder objetos

Morder a tampa da canela, o copinho de plástico e outros objetos serve como um escape para você? Esse hábito pode te deixar mais calmo, é verdade, porém é prejudicial para a saúde bucal em longo prazo. Com os movimentos repetitivos, os riscos vão desde distensões na articulação da mandíbula até fraturas nos dentes.