PUBLICIDADE

O que causa a micose de unha?

Também conhecida como onicomicose, o problema é mais comum em adultos

Você sabia que os fungos, vírus e bactérias estão presentes em diferentes superfícies e lugares, inclusive no corpo humano? Nem todos os micro-organismos são maléficos como as pessoas podem pensar, pelo contrário, existem grupos inteiros que são importantes para o bom funcionamento do organismo.

Porém, quando os micro-organismos ruins entram em contato com o corpo e o sistema imunológico não consegue combatê-los, algumas doenças infecciosas podem acontecer1. Quando se trata dos fungos, por exemplo, uma das ocorrências mais comuns é a onicomicose, também conhecida como micose de unha2.

Isso mesmo! A principal causa da micose de unha, seja dos pés ou das mãos, é a infecção por fungos. A micose é ainda mais frequente em pessoas com psoríase, diabetes e doenças cardiovasculares3.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É importante frisar que esses micro-organismos também são responsáveis por infecções que causam outros tipos de micoses, caso das que atingem a pele e os cabelos4.

Como acontece a transmissão?

A micose de unha é facilmente transmitida, isso porque os fungos conseguem permanecer em superfícies por bastante tempo. Então, ao encostar em algum objeto contaminado, a infecção pode ocorrer, bem como em caso de contato direto com o solo ou de pessoa para pessoa5.

Além disso, os fungos têm proliferação rápida, principalmente em ambientes úmidos, escuros e quentes4, por esse motivo não é incomum que atletas, além de frieiras, que também pode ser um tipo de micose, tenham o problema, já que a combinação suor e calçados fechados é constante.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sendo assim, manter os pés secos e higienizados, e não compartilhar toalhas, chinelos, sapatos, meias e demais objetos de uso pessoal é fundamental para evitar a contaminação5. Vale lembrar que somam-se a essa lista itens de manicure, caso da lixas e alicates.

Qual é o tratamento para micose de unha?

Por serem micro-organismos vivos, os fungos se alimentam da queratina presente nas unhas6 e na camada exterior da pele, mas podem se alocar em partes diferentes das unhas5, isto é, tanto na parte visível quanto na camada interna.

Quando a infecção está instalada, o aspecto da unha muda, servindo de alerta para a busca por ajuda de um dermatologista. Portanto, atente-se a sinais4 como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O tratamento da micose de unha pode ser feito de diferentes maneiras, com uso de cremes, soluções e esmaltes antifúngicos, que podem ser uma opção eficaz para tratar a micose.

Loceryl Esmalte é uma das opções de esmaltes antimicóticos que são indicados para tratar a micose7. Composto por amorolfina, o produto penetra em todas as suas camadas, evita que os fungos se espalhem e elimina os fungos dentro, ao redor e embaixo da unha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, Loceryl pode ser usado com outros esmaltes tradicionais. Para fazer o uso combinado, basta aplicar o Loceryl Esmalte sob as unhas, aguardar dez minutos e seguir com a coloração cosmética7. Uma embalagem fornece um tratamento completo e aplicação pode acontecer apenas uma vez por semana.*

Para que o problema seja realmente eliminado, é importante nunca tentar seguir um tratamento sem ajuda médica, pois assim você pode mascarar o problema. E também cumprir o uso do medicamento pelo tempo determinado pelo dermatologista, que pode passar de seis meses, uma vez que o crescimento das unhas é lento6.

*Podendo chegar a duas, dependendo da recomendação médica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Loceryl® Esmalte (cloridrato de amorolfina) é indicado para o tratamento de micoses de unha (onicomicoses). Reg. MS 1.2916.0036. GALDERMA BRASIL LTDA./LOCERYLESM-MB01_20/SAC: 0800- 155552. LOCERYL® ESMALTE É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Referências:

1 - Instituto Nacional de Câncer. Como o organismo se defende?. Disponível em: https://www.inca.gov.br/como-o-organismo-se-defende. Acesso em 06 de julho de 2020.

2 - Araújo, A.J.G.; Bastos, O.M.P.; Souza, M.A.J.; Oliveira, J.C. Onicomicoses por fungos emergentes: análise clínica, diagnóstico laboratorial e revisão. Anais Brasileiros de Dermatologia. vol.78 no4. Rio de Janeiro July/Aug. 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0365- 05962003000400006&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em 06 de julho de 2020.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

3 - Araújo, A.J.G.; Bastos, O.M.P., Souza, M.A.J. et al. Ocorrência de onicomicose em pacientes atendidos em consultórios dermatológicos da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Anais Brasileiros de Dermatologia. vol.78 no3. Rio de Janeiro July/Aug. 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/abd/v78n3/16311.pdf

4 - Sociedade Brasileira de Dermatologia. Micose. Disponível em: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/micose/14/. Acesso em 06 de julho de 2020.

5 - Lima, K.M., Rêgo, R.S.M. e Montenegro, F.. Diagnósticos Clínicos e Laboratoriais das Onicomicoses. NewsLab - edição 83 - 2007. Disponível em: http://www.saudedireta.com.br/docsupload/1340450173art02.pdf. Acesso em 06 de julho de 2020.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

6 - Sociedade Brasileira de Dermatologia. Onicomicose. Disponível em: https://www.sbd.org.br/dermatologia/unhas/doencas-e-problemas/onicomicose/33/. Acesso em 06 de julho de 2020.

7 - Bula do produto. Loceryl. Galderma.