PUBLICIDADE

Álcool x bariátrica: quem fez a cirurgia tende a beber mais?

Pacientes bariátricos são, de fato, mais sensíveis ao álcool; entenda melhor essa relação

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Procedimento cada vez mais comum, a cirurgia bariátrica pode representar um risco para o desenvolvimento de transtornos relacionados ao uso de álcool (abuso ou dependência). Com o crescimento da obesidade e das cirurgias bariátricas no Brasil, o tema ganha novos contornos e é preciso chamar a atenção ao fato de pacientes bariátricos serem mais sensíveis ao álcool e tenderem a consumi-lo mais.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), o número de pacientes bariátricos cresceu 84,7% entre 2011 e 2018, no país. Na mesma direção, o aumento da obesidade chama a atenção. Dados do Ministério da Saúde apontam uma ampliação de 11,8% para 20,3% de brasileiros obesos (2006 para 2019).

Em debate, uma equação não tão simples de resolver. Embora a cirurgia diminua a mortalidade desses pacientes a longo prazo, diversos relatos na literatura indicam maior risco de consumo abusivo de álcool após o procedimento. E é importante alertar: estudos apontam que os problemas com álcool não costumam aparecer imediatamente, mas até dois anos pós-cirurgia, o chamado período de lua de mel.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Motivos que levam ao aumento do uso de álcool pós-cirurgia bariátrica

É verdade que o histórico pré-cirúrgico do paciente é um fator que deve ser levado em conta. Dessa forma, quanto maiores a frequência e a quantidade de consumo de álcool antes da cirurgia, maior a chance de consumo nocivo depois. Foi o que descobriu o estudo norte-americano1 com 567 pacientes bariátricos: o consumo nocivo de álcool no período após a cirurgia é mais frequente entre pessoas que já o praticavam antes do procedimento.

A idade também é um fator importante, assim como o estado mental do paciente: pessoas mais jovens e com presença de sintomas de depressão estariam mais propensas ao uso nocivo de álcool após a cirurgia bariátrica.

Porém, mesmo pacientes sem histórico de abuso ou dependência de álcool no pré-operatório podem desenvolver problemas após a cirurgia. Uma das explicações pode ser atribuída à troca da comida pela bebida como uma estratégia de enfrentamento de dificuldades. Outros motivos identificados foram: ampliação da sensibilidade à intoxicação alcoólica, o uso do álcool como um mecanismo de substituição para os alimentos e o aumento da socialização envolvendo o consumo de álcool2.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas, o paciente bariátrico pode beber?

A SBCBM não recomenda o consumo de álcool aos pacientes de cirurgia bariátrica pelo alto valor calórico e pelo efeito potencializado pelas mudanças que o organismo passa. Lembrando que a velocidade de absorção da substância é maior e os efeitos aparecem de forma mais rápida e acentuada.

Tanto para quem avalia passar pelo procedimento ou para quem já o fez, é importante refletir sobre seu consumo de álcool e suas motivações para beber. Compreender esses gatilhos é fundamental para o desenvolvimento de intervenções de aconselhamento pré e pós-cirurgia. Converse com seu médico!

Referências:

1. Miller-Matero LR, Hamann A, LaLonde L, Martens KM, Son J, Clark-Sienkiewicz S, et al. Predictors of Alcohol Use after Bariatric Surgery. J Clin Psychol Med Settings [Internet]. 2020 Nov 17 [cited 2021 Apr 27];1?7. Available from: https://doi.org/10.1007/s10880-020-09751-3

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. Spadola CE, Wagner EF, Varga LM, Syvertsen JL, De La Cruz Munoz NF, Messiah SE. A Qualitative Examination of Increased Alcohol Use after Bariatric Surgery among Racially/Ethnically Diverse Young Adults. Obes Surg [Internet]. 2018 Jun 1 [cited 2021 Apr 20];28(6):1492?7. Available from: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/29151242/