PUBLICIDADE

Reduzir consumo de sal pode cortar risco de câncer de estômago

Recomendação diária para uma alimentação saudável é de apenas seis gramas

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Um em cada sete casos de câncer de estômago no Reino Unido poderia ser evitado se as pessoas limitassem o consumo de sal para a recomendação diária máxima de seis gramas. De acordo com estatísticas compiladas pela instituição World Cancer Research Fund (WCRF), a média de consumo diário do alimento pela população é de 8,6 g, quantidade 43% maior do que a recomendada.

Segundo os pesquisadores, em geral, o câncer de estômago é diagnosticado em estágio avançado, fazendo com que apenas 15% dos pacientes tenham uma sobrevida por um período maior do que cinco anos. Por isso, Kate Mendoza, chefe de informação da saúde do WCRF reforça a necessidade de medidas preventivas. Essa é a sétima causa mais comum de morte no Reino Unido.

Em 2009, foram diagnosticados 7.500 novos casos desse tipo de câncer no país. Se a ingestão de sal tivesse sido reduzida a seis gramas por dia, 1.050 casos poderiam ter sido evitados. Em 2010, cerca de 5.000 mortes foram causadas pela doença.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com Kate, 75% do sal que consumimos já está presente em alimentos processados que compramos, na forma de sódio. Assim, o ideal é tirar o saleiro da mesa para não acrescentar o tempero ao prato durante as refeições.

A alta ingestão de sal também está ligada à hipertensão, principal causa de derrames e um importante fator de risco para doenças cardíacas. Uma dieta rica em sódio também foi associada a pedras nos rins e osteoporose.

Diminua a ingestão de sódio com medidas simples

De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, a recomendação de sódio para um adulto saudável é de 2.400 miligramas por dia, o equivalente a cinco gramas de sal ou uma colher de chá do alimento. Mas o cardápio diário do brasileiro costuma conter quase 12 gramas de sal por dia - mais que o dobro! Confira dicas de como reduzir o consumo de sódio no dia a dia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Shoyu

O shoyu apresenta redução de, pelo menos, 25% da quantidade de sódio se comparado a versão tradicional. Para diminuir ainda mais a ingestão de sódio no dia a dia, vale mergulhar sushis e sashimis no suco de limão ou ainda em um mix de limão, mostarda, cebola e azeite.

Macarrão instantâneo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tanto o macarrão quanto o tempero pronto têm grande quantidade de sódio. Por isso, sempre que possível, opte por um macarrão tradicional com molho de tomate caseiro, que é muito mais nutritivo e saudável.

Temperos

Grande parte dos alimentos que consumimos já vem com sódio embutido. Por isso, evite acrescentar sal nas refeições do dia a dia. Ao temperar uma salada, por exemplo, invista em azeite, limão, vinagre e outros temperos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Congelados

Grande parte dos alimentos industrializados e as preparações congeladas é rica em sódio. O sal atua como conservante desses produtos, então, se o objetivo é reduzir a ingestão de sal, passe reto nessa sessão do supermercado.

Refrigerante

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O sódio também está presente em alimentos doces, como refrigerantes. Um copo de 250 ml da bebida contém 17,5 mg de sódio. Se você pensa que a versão light é mais indicada, está muito enganado. A mesma quantidade da bebida light pode oferecer até 38 mg de sódio. Recomenda-se, portanto, investir em sucos naturais ou na água.