PUBLICIDADE

Pesquisadores testam anticoncepcional masculino

Especialistas acreditam que a descoberta é um grande passo para a criação da pílula masculina

Além da camisinha, hoje os métodos contraceptivos se concentram todos na mulher e em como não permitir que os espermatozoides se aproximem do óvulo após a relação sexual. No entanto, uma forma muito mais efetiva de evitar a gravidez seria simplesmente impedir que o homem produza gametas férteis, "cortando o mal pela raiz". O problema é fazer isso sem comprometer para sempre a fertilidade dos homens. Hoje, as únicas formas de contracepção masculina são a vasectomia, que pode ser irreversível e consiste em uma cirurgia, e a camisinha.

Ao que tudo indica, uma equipe de cientistas da Universidade de Osaka conseguiu criar um método temporário de bloquear a produção de espermatozoides, mas em ratos. Apesar do modelo em camundongos não ser sempre aplicado em humanos, os especialistas acreditam que este é um grande passo para a criação dessa forma de anticoncepcional.

O método não é hormonal, como o anticoncepcional feminino, mas consiste em bloquear uma proteína específica presente no sêmen, chamada calcineurina, que parece ter um papel importante na fertilidade masculina, apesar de os médicos não terem descoberto de que forma ela atua.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Ao identificar essa proteína, os estudiosos então analisaram dois medicamentos que tem o poder de bloqueá-la, e deram doses aos camundongos do laboratório. Após quatro ou cinco dias, a fertilidade no esperma dos animais, que não conseguiam mais engravidar as fêmeas. No entanto, quando os medicamentos foram retirados, a fertilidade foi retomada.

Ambos os medicamentos são usados como imunossupressores, administrados em casos de doação de órgãos e no tratamento de algumas doenças auto-imunes. A ideia dos especialistas, no entanto, não é administrar essas medicações como o anticoncepcional, mas desenvolver um novo medicamento a partir delas.