PUBLICIDADE

Zika vírus: orégano e cravo podem matar larva do mosquito

Pesquisadores de Minas Gerais perceberam que os óleos dessas plantas são larvicidas eficientes

O Aedes aegypti é praticamente o vilão desse ano: transmissor do Zika vírus, febre chikungunya e dengue, eliminá-lo ou reduzir sua população é um dos principais focos do governo brasileiro na área de saúde. Um trabalho que vem sendo desenvolvido desde 2013 pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), em parceria com a Fundação Ezequiel Dias (Funed) pode ajudar a tornar esse objetivo ainda mais atingível.

Os pesquisadores perceberam que o óleo de orégano e de cravo-da-índia pode funcionar como larvicidas, matando as larvas do Aedes aegypti e impedindo seu crescimento. Na pesquisa, eles testaram mais de 20 plantas que poderiam ter potencial, e chegaram ao óleo dessas duas, que tem 100% de eficácia na eliminação das larvas em até 24 horas.

O próximo passo é entender o que na composição desses óleos lhes dá essa propriedade e patentear a formula de um novo larvicida. Os pesquisadores acreditam que dentro de um ano esse novo produto pode já estar no mercado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No entanto, não adianta usar o óleo de orégano e cravo que você encontra nos supermercados e casas de produtos naturais enquanto isso, já que os produtos usados pelos especialistas são óleos 100% puros que eles produziram no próprio laboratório. Portanto, eles não podem garantir que outros óleos sejam também eficazes dessa forma.

Com informações do jornal O Tempo, de Minas Gerais.