PUBLICIDADE

Chikungunya: Brasil registra primeiro caso de bebê infectado na gravidez

Criança de 12 dias apresentou fortes convulsões e foi internada na Paraíba

Foi confirmado o primeiro caso de transmissão durante a gravidez da febre chikungunya. O paciente é um bebê de 12 dias que foi internado na unidade de terapia intensiva (UTI) com fortes convulsões em Campina Grande, na Paraíba.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A confirmação da transmissão vertical do vírus foi feita por pesquisadores do Instituto Paraibano de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto (Ipesq), da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Facisa) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e identificou traços do vírus na mãe e no bebê. Existem mais dois casos na mesma cidade em investigação pela equipe da obstetra Adriana Melo, responsável também pela identificação do Zika vírus no líquido amniótico de dois fetos com microcefalia em 2015.

De acordo com a especialista, existem casos na literatura internacional de transmissão de febre chikungunya na gravidez, mas este é o primeiro caso confirmado no Brasil. Não há risco de malformações, no entanto o vírus da chikungunya pode causar problemas no sistema nervoso, como meningite, caso que levou este bebê a ter convulsões.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Essa é mais uma razão para as gestantes se protegerem contra a picada do mosquito Aedes aegypti, transmissor da chikungunya e do Zika vírus, que pode levar a malformações como a microcefalia nos bebês de grávidas infectadas.

Com informações da Veja e da Isto É.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)