PUBLICIDADE

Mãe passa dias admirando o filho recém-nascido com medo de perder a visão

Com tumor no nervo óptico mulher decidi fazer cirurgia só após o nascimento do filho

Mãe com o filho após a cirurgia para a retirada do tumor - foto: divulgação/Facebook
Mãe com o filho após a cirurgia para a retirada do tumor - foto: divulgação/Facebook

A australiana Sarah Hocking descobriu um câncer do nervo óptico ainda durante a gravidez. Como a cirurgia para retirada do tumor poderia ocasionar em sua perda de visão, ela decidiu realizar o procedimento só depois do nascimento do seu filho, para poder admirá-lo, mesmo que por pouco tempo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sarah contou que sentiu uma euforia imensa quando segurou o pequeno Archer logo que ele nasceu. Com medo da cirurgia que viria a seguir, a mulher ficou acordada por horas, apenas observando e guardando cada pedacinho do filho em sua memória.

Em seu blog pessoal, a mãe contou quais foram os sentimentos vividos antes da cirurgia para a retirada do câncer: "Enquanto me levavam até a cirurgia, eu chorava e abraçava o meu bebê, sem saber se poderia enxergá-lo novamente um dia".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A mãe se sente eufórica por poder ver um pouco da alegria do filho - foto: divulgação/Facebook
A mãe se sente eufórica por poder ver um pouco da alegria do filho - foto: divulgação/Facebook

Sarah perdeu uma parte da sua visão, tornando as imagens embaçadas. Porém, ela não considera sua história triste. "Eu me recuso a aceitar que minha história é triste. Posso não ver mais a cor dos olhos do meu filho e os pequenos detalhes da vida, mas enxergo o suficiente para perceber que ele se alegra quando estou por perto. Eu posso ouvir a sua risada", contou ela.