PUBLICIDADE

Cachorra salva a vida da sua dona após detectar câncer de pele

"Não tinha ideia de que ela seria capaz de detectar que eu tinha câncer escondido debaixo da minha pele", disse Lauren Gauthier

 Cachorra salva a vida da sua dona após detectar câncer de pele - foto: Divulgação/Instagram
Cachorra salva a vida da sua dona após detectar câncer de pele - foto: Divulgação/Instagram

Só quem têm ou já teve um cachorrinho em casa sabe o amor que ele é capaz de proporcionar. Recentemente, um caso impressionante chocou os internautas: uma cadela conseguiu perceber um câncer no rosto da dona.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Aos 42 anos, a americana Lauren Gauthier notou que sua cachorra, Victoria, cheirava insistentemente um inchaço que havia aparecido em seu nariz e decidiu ir ao médico para checar o que era.

Após fazer uma biopsia, ela descobriu que o que parecia ser apenas uma espinha era na verdade um carcinoma basocelular, o tipo mais comum de câncer de pele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"É realmente incrível que minha cadela foi tão persistente em cheirar a área que era câncer de pele. A cirurgia em si mudou meu rosto, e se ela não tivesse insistido, eu poderia ter ignorado o local, o que poderia ter arriscado mais desfiguração ainda", contou Lauren ao site Sweet Buffalo.

Após biopsia, americana descobriu carcinoma basocelular - foto: Divulgação/Instagram
Após biopsia, americana descobriu carcinoma basocelular - foto: Divulgação/Instagram

Todos nós sabemos que os cães possuem um olfato muito aguçado, mas a americana nunca imaginou que sua cachorrinha iria salvar sua vida dessa maneira. Devido ao fato do câncer de Lauren ter sido descoberto logo no início, não se espalhou pelo rosto ou causou mais danos à sua saúde.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esta cadela "intuitiva" foi resgatada por Lauren de um abrigo, em Kentucky, nos EUA. "Estou muito agradecida por Victoria. Ela e eu sempre tivemos um vínculo estreito e ela sente quando estou chateada ou estressada. Eu não tinha ideia de que ela seria capaz de detectar que eu tinha câncer escondido debaixo da minha pele", disse ao site Love What Matters.

De acordo com a mulher, o câncer de pele dela pode ser resultado de várias sessões de bronzeamento artificial que ela fez durante um tempo da sua vida. Agora, Lauren aconselha a todos que evitem essa prática.

"Meu conselho para adolescentes que estão considerando fazer bronzeamento artificial é: não façam?, afirmou. ?O custo e os danos que você causa à sua pele são altos demais, e mesmo que envelhecer pareça um mundo distante, quando você for mais velho, pagará um preço por bronzeamento artificial e camas de bronzeamento", completou.