PUBLICIDADE

Após cirurgia, Bolsonaro se alimenta por sonda e tem melhora

Presidente precisou colocar sonda nasogástrica após quarta cirurgia e mantém evolução clínica, segundo boletim

Dias depois de passar por mais uma cirurgia na região do abdômen, Jair Bolsonaro apresentou algumas complicações em seu quadro de saúde e precisou encarar adaptações em sua rotina no hospital.

Na última quarta-feira (11), o presidente da República teve a alimentação por via oral suspensa e passou a usar uma sonda nasogástrica em tempo integral. Apesar da condição, ele tem evoluído clinicamente.

As informações foram cedidas ao portal Minha Vida por meio de boletim médico do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde Bolsonaro se encontra internado desde que realizou uma operação para correção de hérnia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sonda nasogástrica em Bolsonaro

Jair Bolsonaro mantém alimentação por sonda nasogástrica, mas apresenta melhoras - Foto: Reprodução/Instagram
Jair Bolsonaro mantém alimentação por sonda nasogástrica, mas apresenta melhoras - Foto: Reprodução/Instagram

O presidente foi submetido à sua quarta cirurgia no dia 8 de setembro. Porém, três dias depois, seus movimentos intestinais ficaram paralisados - efeito considerado comum nesse tipo de procedimento cirúrgico - e os médicos decidiram pela implementação da sonda nasogástrica.

O instrumento se trata de um tubo médico utilizado para drenar gases ou possibilitar a alimentação adequada do paciente, sendo introduzido nas narinas e que chega diretamente no estômago.

Esta, no entanto, não foi a primeira vez que Bolsonaro precisou usar a sonda. A primeira ocasião ocorreu logo após ele ter sido esfaqueado durante a campanha eleitoral no final de 2018.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Já no início de setembro deste ano, o presidente voltou a colocar o aparelho ao ter episódios de náusea e vômitos apenas cinco dias depois de sua terceira cirurgia.

Previsão de alta

O último comunicado divulgado pelo hospital ressalta que Jair Bolsonaro não tem apresentado dores ou febre. Entretanto, os médicos manterão seu jejum oral e a restrição de visitas.

De acordo com Otávio Santana do Rêgo Barros, porta-voz do governo e general do Exército Brasileiro, Bolsonaro deve reassumir a presidência nesta sexta-feira (13), no próprio hospital, por meio de computador.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Embora informe que o presidente tem apresentado uma recuperação progressiva, o hospital aponta que ainda não há previsão de alta e também não confirma a versão do porta-voz.

Confira o boletim do Hospital Vila Nova Star, repassado ao portal Minha Vida:

São Paulo, 12 de setembro de 2019. O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, apresenta evolução clínica favorável. Sem dor, afebril e com recuperação progressiva dos movimentos intestinais. Os exames laboratoriais seguem estáveis. Permanece com sonda nasogástrica, em jejum oral e alimentação parenteral (endovenosa). Mantém fisioterapia respiratória e motora. Feito curativo cirúrgico, com ferida operatória de bom aspecto. As visitas continuam restritas.

Procedimentos clínicos em Jair Bolsonaro

Veja como funciona a retirada da bolsa de colostomia

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entenda quais as causas e tratamentos da obstrução intestinal

Bolsonaro teve pneumonia: confira como identificar e prevenir